Fonte: OpenWeather

    Rios da Amazônia


    Vídeo: Os desafios de navegar nos rios da Amazônia durante a vazante

    A reportagem da TV Em Tempo aborda as experiências ao navegar nos Rios Madeira e Amazonas pelo relato de comandantes de embarcação

    Confira a reportagem | Autor: TV Em Tempo

    Manaus - Os rios da região amazônica permanecem com o nível baixo para a navegação. Em 2018, a capitania já registrou mais de 100 acidentes nos rios Madeira e no Amazonas. É uma época onde a perícia do comandante precisa estar alinhada com os equipamentos de segurança.

    Em mais de 40 anos navegando na região, o comandante Carlos Souza sabe que nessa época do ano a atenção deve estar redobrada.  Ele comanda o barco Ane Caroline, que viaja pelo Rio Amazonas até Santarém, no Pará.

    Para o comandante, o Madeira é o rio mais perigoso da região, foi nele, inclusive, que Souza sofreu o primeiro acidente na carreira, há mais de trinta anos. Na reportagem da TV Em Tempo, ele relata o acidente.

     A situação vivida pelo navegante é comum na Amazônia, pois com a vazante, surgem bancos de areia. O fenômeno natural muda o canal de navegação. No rio Madeira, por exemplo, vários barcos acabam encalhados por dias. Por isso é imprescindível o uso de equipamentos de segurança e a consciência dos comandantes.

    Acidentes

    Até outubro 122 acidentes com embarcação foram registrados pela Marinha na região, sendo que a maioria ocorreu nos rios Amazonas e Madeira, que além da questão do nível das águas ainda enfrenta o problema de visibilidade causado pelas queimadas. Especialistas explicam que é importante navegar com cautela para evitar acidentes e estragar a viagem.

    Confira reportagem completa da TV Em Tempo

    Leia mais:

    Na Amazônia, onde o rio comanda a vida, navegar é preciso

    Alegra Náutica oferece os melhores preços de botes, lanchas e motores

    Naufrágios: vidas ceifadas em rios da Amazônia

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários