Fonte: OpenWeather

    Comemoração


    Dia do Médico: Profissionais falam com orgulho da profissão

    Profissional da saúde exerce um papel imprescindível na sociedade, com dedicação e o poder de salvar vidas

    As médicas oncologistas Poliana e Gilmara deram relatos sobre a profissão, orgulhosas | Foto: Divulgação

    As médicas oncologistas Poliana e Gilmara deram relatos sobre a profissão, orgulhosas
    As médicas oncologistas Poliana e Gilmara deram relatos sobre a profissão, orgulhosas | Foto: Divulgação

    Manaus - O dia 18 de outubro é marcado como o Dia do Médico, no Brasil. A data comemorativa é dedicada aos profissionais que são responsáveis, entre outras coisas, pela promoção da saúde e o bem-estar da população.

    Entre os servidores do Governo do Estado que atuam nesta área, as médicas oncologistas Poliana Signorini e Gilmara Resende, da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), falaram com orgulho sobre a profissão.  

    Com um papel imprescindível na sociedade, é o médico que trabalha na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças, auxiliando e incentivando as pessoas a terem uma vida saudável e com mais qualidade. Para isso são necessários anos de estudo e dedicação, além de uma constante atualização sobre a medicina como um todo.

    Há 10 anos trabalhando como médica, a gerente do setor de Oncologia Clínica da FCecon, Poliana Signorini, lembrou da importância social que a profissão carrega.

    “A medicina é uma função onde humanos tornam-se capazes de gerar bem-estar, prevenir agravos e aliviar sofrimentos. Tenho muito orgulho de ser médica. Me sinto muito útil exercendo minha profissão e busco melhorar sempre, não só como médica, mas como ser humano”, afirmou.

    Apesar da correria diária, a servidora procura conciliar o trabalho e os estudos para estar sempre preparada para os desafios da profissão.

    “O meu cotidiano como médica oncologista é bastante atribulado, mas acredito que o meu trabalho impacta positivamente a vida de muitas pessoas e isso me motiva a seguir”, destacou.

    Vocação

    Oncologista clínica da FCecon há cinco anos, Gilmara Resende sempre teve vontade de ajudar pessoas e disse ter se preparado muito para exercer a profissão.

    A servidora contou que decidiu ser oncologista no último ano da faculdade e sensibilizou-se ainda mais pela causa, quando sua mãe, que se tornou paciente oncológica por conta de um câncer de mama, veio a falecer em 2019.

    De acordo com Gilmara, o médico, em especial o oncologista, exerce uma tarefa multifuncional. “Além da medicina propriamente dita, o médico é também psicólogo, assistente social, conselheiro e amigo, porque cuida do paciente no momento mais difícil da vida, o que se estende aos familiares. Então, procuro sempre oferecer o melhor tratamento para os meus pacientes porque já vi e senti o quanto essa doença gera angústia e medo”, explicou a médica, que lembrou sobre o Outubro Rosa.

    “Este é o mês em que intensificamos o alerta para os cuidados da mulher, mostrando a importância de realizar exames preventivos. Quanto mais rápida for a detecção precoce de doenças, maiores serão as chances para o tratamento e cura do paciente. Isso se aplica a homens e mulheres, então, a atenção para esse tema é fundamental”, destacou.

    Data Comemorativa

    O dia 18 de outubro foi escolhido em referência ao Dia de São Lucas, o santo padroeiro da Medicina. A data foi criada para homenagear e reconhecer a importância de todos os médicos para a sociedade.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais

    Governo paga FTI e AM terá R$ 93,6 milhões para saúde até o fim do ano

    AM registra 1,9 mil casos novos de tuberculose em 2020

    Comentários