Fonte: OpenWeather

    Ameaça


    Homem ameaça matar a mãe com tiro de espingarda e é preso em Nhamundá

    Com o jovem foram apreendidos uma espingarda calibre 28 e diversas munições. Homem tem envolvimento com o tráfico de drogas

    A vítima relatou que foi ameaçada outras vezes pelo filho.
    A vítima relatou que foi ameaçada outras vezes pelo filho. | Foto: Divulgação

    Nhamundá (AM) - Após receber denúncias via linha direta, de que um homem estaria ameaçando a mãe de morte com uma espingarda, os policiais militares e civis de Nhamundá (a 313 km de Manaus), prenderam Renato Pantoja, de idade não revelada. O caso ocorreu na manhã da última sexta-feira (13), na zona rural do município. Com o jovem foram apreendidos uma espingarda calibre 28 e munições.

    De acordo com a polícia, após receberem a denúncia, por volta das 11h30, os policiais tiveram de acionar o titular da delegacia de Nhamundá, para que a lancha da Polícia Civil pudesse ser utilizada pois o local da ocorrência fica em na comunidade do Arnacaru. Ao chegarem ao local, constataram a veracidade dos fatos e deram voz de prisão a Renato.

    Leia também: Adolescentes são apreendidos por envolvimento em roubo de carros

    Ainda segundo a polícia, a vítima relatou que foi ameaçada outras vezes pelo filho, que tem envolvimento com o tráfico de drogas naquela região. A ameaça se deu porque a mãe não queria que o filho comercializasse mais os entorpecentes. Além da espingarda apreendida, três cartuchos intactos e um tubo de chumbo 2T foram encontrados com Renato.

    A vítima e o suspeito foram encaminhados para a delegacia de Nhamundá, onde o caso foi registrado. Renato deve permanecer à disposição da Justiça até a realização da audiência de custódia, quando será decidido de ele deve permanecer preso ou responderá pelo crime de ameaça em liberdade.


    Leia mais:

    Mulheres são presas no Alvorada com drogas nas partes íntimas

    'João Branco' é condenado a mais de 30 anos por morte de Oscar Cardoso

    Menina de 11 anos sofre tentativa de estupro em Manaus

    Comentários