Fonte: OpenWeather

    Acidente Aéreo


    Piloto sobrevivente de queda de avião está no Hospital 28 de Agosto

    O acidente aéreo ocorreu na manhã desta terça-feira (22), na Zona Centro-Sul da capital, e apenas o piloto estava na aeronave

    Avião caiu próximo à Torquato Tapajós | Foto: Divulgação

    Manaus - Um avião, de prefixo PTFLW e modelo Cessna C-208, de pequeno porte, caiu, na manhã desta terça-feira (22), por volta das 9h40, próximo a região do Aeroclube de Manaus, situado na avenida Torquato Tapajós, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. Conforme consta no site da Agência Nacional de Aviação Civil, a situação da aeronave é regular. 

    Na aeronave estavam apenas um coronel da Força Aérea Brasileira, de 55 anos, que sobreviveu ao acidente e está internado no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus. 

    O local é o mesmo em que há exatos 90 dias caiu uma aeronave matando quatro pessoas: o piloto Robson Castilho, de 50 anos; o copiloto José Hernandes Rogério, 38, e os empresários Osni dos Santos, 52, e Waldir Ademir Sestrem, 57.

    Leia também: Ex-dono da Amazonaves e família morreram em queda de avião em 2011

    Conforme informações de policiais militares repassadas ao Em Tempo no local do acidente, testemunhas relataram terem visto o piloto deixando o local ensanguentado e carregando um malote (bolsa). 

    Ainda segundo informações de testemunhas, o sobrevivente entrou em um veículo, de características não informadas, e teria dito que buscaria atendimento médico em uma unidade de saúde. 

    Moradores do condomínio Guaianás relataram terem ouvido em torno de três explosões. A área da queda do avião fica nos fundos do condomínio. No local, além de bombeiros, estiveram policiais militares, civis e equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). 

    De acordo com a polícia, após a queda, o piloto saiu da aeronave antes do início das explosões. 

    Os bombeiros foram um dos primeiros a chegarem no local do acidente
    Os bombeiros foram um dos primeiros a chegarem no local do acidente | Foto: Janailton Falcão

    Ainda não há informações sobre o que tenha causado a queda da avião. A reportagem, em contato com o número (92) 3654-0444, foi informada, por uma funcionária da empresa, que os trabalhos das equipes de resgate no local da queda foram acompanhados pelo gerente de segurança operacional da empresa, João Tavares dos Santos. 

    Em nota, a Amazonaves Táxi Aéreo informou que o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VII) coletou os dados no local do acidente e novas informações serão dadas oportunamente.

    A empresa Amazonaves Táxi Aéreo, que opera com serviços de fretamento executivo, transporte de cargas e manutenção de aeronaves, está envolvida em outros quatro acidentes aéreos, incluindo o de 2011, em que sete pessoas morreram, sendo uma delas o ex-dono da empresa. 

    A empresa Amazonaves tem um vasto histórico de acidentes aéreos
    A empresa Amazonaves tem um vasto histórico de acidentes aéreos | Foto: Janailton Falcão

    Queda de avião deixa mortos 

    No dia 22 de fevereiro deste ano, um avião de pequeno porte, da fabricante Embraer, de modelo 720 D e prefixo PTVKR, da empresa Fretav Turismo e Comércio, também caiu próximo ao Aeroclube de Manaus, Zona Sul da capital.

    O acidente aconteceu por volta de 9h e, de acordo com a assessoria do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (Cbmam), os corpos de três vítimas fatais foram retirados dos destroços da aeronave e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), bairro Cidade Nova, Zona Norte.

    Colaborou: Lívia Nadjnara e Isabela Bastos 

    Leia mais:

    IML libera corpos das vítimas do acidente aéreo em Manaus

    Quinta vítima de acidente aéreo continua internada em estado grave

    Em Tempo cria lista de transmissão de notícias pelo WhatsApp




    Comentários