Fonte: OpenWeather

    Protesto


    Mais de 60 ônibus foram depredados durante protesto em Manaus

    A ausência da circulação de ônibus pelas ruas e avenidas de Manaus deixou a população revoltada

    A polícia de choque foi acionada para o local | Foto: Ione Moreno

    Manaus - Sessenta e um ônibus foram depredados durante um protesto, na manhã desta segunda-feira (4), nas proximidades do Terminal, na Zona Leste de Manaus. 

    De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), os ônibus são das empresas Eucatur, Global Green, Açaí Transportes e Expresso Coroado 4. 

    Leia também: Sem transporte, população revoltada quebra ônibus e terminal em Manaus

    A confusão ocorreu depois que sindicalistas pararam os terminais de linha que ficam dentro do T4.

    Veja o vídeo da TV EM TEMPO:

    | Autor: TV EM TEMPO

    Até às 11h, apenas 640 ônibus estavam nas ruas, dos 850 ônibus que saíram das garagens no início da manhã. Cerca de 100 mil pessoas foram afetadas nessa manhã. Além dos terminais 3 e 4, os sindicalistas pararam os terminais nos bairros Petrópolis, Vila Marinho, Bairro da Paz e Conjunto Augusto Montenegro.

    O Sinetram já acionou a justiça, informou o descumprimento da liminar e aguarda que as medidas cabíveis sejam tomadas.

    Vários ônibus foram depredados
    Vários ônibus foram depredados | Foto: Divulgação

    Entenda o caso

     70% da frota das nove empresas concessionárias saíram das garagens, na manhã desta segunda-feira (4), mas pararam dentro dos terminais da cidade.

    A ausência da circulação de coletivos pelas ruas e avenidas da capital deixou a população revoltada. Dezenas de passageiros perderam a cabeça e passaram a depredar ônibus e terminais.

    Veja outro vídeo:

    | Autor: Divulgação

    Leia mais: 

    Givancir abandona reunião no MPT após chegada da Policia Federal

    Sem transporte, população revoltada quebra ônibus e terminal em Manaus

    Rodoviários exigem abertura da CPI do Transporte Público em Manaus

    CIDADANIA - ELEIÇÕES 2018

    Comentários