Fonte: OpenWeather

    Manaus


    Descaso: Cadela com olhos perfurados é abandonada em Manaus

    Mais um caso de descaso com animais em Manaus. Uma cadela de dois anos, da raça poodle, foi deixada à própria sorte

    E o olho esquerdo passou por um procedimento chamado Flap, com a tentativa de melhorar a circulação sanguínea na região e salvar a visão deste lado | Foto: Divulgação

    Manaus - No domingo (12), uma cachorra foi abandonada no bairro Redenção, zona Centro-Oeste de Manaus. A cadela da raça poodle, de cor preta, estatura pequena e tem marcas de maus-tratos. O que mais impressionou os moradores que fizeram o resgate do animal foram os olhos perfurados.

    Devido ao ferimento aberto, larvas de moscas tomaram conta da ferida. Por pouco, a cadela não morreu durante a sessão de tortura que ela sofreu. Após moradores encontrarem o animal e não terem instruções de como cuidar do caso, o ativista animal Amauri Gomes foi acionado novamente pelas redes sociais. Ele foi o responsável pelo resgate de uma cadela atropelada no Ano Novo, que teve a perda da visão.

    Amauri foi até o bairro e levou a cadela para clínica veterinária S.O.S Pets, localizada na Bola do Produtor, bairro Jorge Teixeira, zona Leste da capital amazonense.

    “Quando cheguei lá encontrei uma cena horrível. O animal estava com os olhos cheios de larvas de mosca. Após ser levada para a clínica SOS, ela passou por uma cirurgia de reconstrução, pois a parte ocular estava totalmente dilacerada. Os médicos plantonistas tentaram salvar um dos seus olhos. A cadelinha da raça poodle tem aproximadamente dois anos”, contou Amauri em entrevista.

    Segundo Amauri, o olho direito não teve como salvar devido à proliferação de bichos. E o olho esquerdo passou por um procedimento chamado Flap, com a tentativa de melhorar a circulação sanguínea na região e salvar a visão.

    A cadela segue em observação do pós-operatório e em breve será disponibilizada para adoção. Enquanto isso, quem quiser realizar doações de ração, ajudar ou visitar a cachorra pode ir até a clínica ou saber de novas informações pelo número (92) 98176-4497.

    Comentários