Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Profissionais recebem capacitação para atuar no combate ao Covid-19

    Grupo tem médicos do Amazonas e de outros estados contratados pelo Governo Federal, que irão atuar em unidades de saúde da capital

    O reforço ocorreu após solicitação do Governo do Estado e do Município diretamente ao Ministério da Saúde
    O reforço ocorreu após solicitação do Governo do Estado e do Município diretamente ao Ministério da Saúde | Foto: Charles Pessoa/Secom

    Manaus - Mais de 260 profissionais da saúde, disponibilizados pelo Governo Federal para atuar no Amazonas, receberam treinamento e capacitação nesta segunda-feira (04) para atuar nas redes estadual e municipal de saúde. Os profissionais foram contratados por meio do programa “Brasil Conte Comigo” e devem começar a atuar nas unidades de saúde a partir de quinta-feira (07).

    Ao todo, foram contratados 37 médicos, 118 enfermeiros, 57 técnicos de enfermagem, 26 fisioterapeutas, 12 farmacêuticos e 17 biomédicos. Serão 267 profissionais atuando, tanto do Amazonas como de outros estados. O reforço ocorreu após solicitação do Governo do Estado e do Município diretamente ao Ministério da Saúde. 

    Os profissionais reforçarão o atendimento nos seguintes locais: Unidades Básicas de Saúde (UBSs), na Atenção Primária com serviço de triagem para atendimento à Covid-19; Serviços e Unidades de Pronto Atendimento (SPAs e UPAs), na Emergência e Leitos de retaguarda; Hospitais Convencionais, nos Leitos de retaguarda; e Hospitais de Campanha, nos Leitos UTI. 

    “Nós vamos dividir entre a rede municipal e estadual, dentro do perfil dos profissionais que forem chegando. Então, a primeira turma de segunda-feira, tem outra turma que começa na quarta-feira (06/05), e quantas turmas mais forem necessárias começar. Assim que eles terminam o treinamento, que dura em torno de dois dias, eles já são encaminhados para a assistência”, afirmou Alessandro Vasconcelos, diretor do Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde, do Ministério da Saúde. 

    Capacitação e testagem 

    Nesta segunda-feira (04), os 267 profissionais compareceram às unidades da Faculdade Uninorte, no Centro de Manaus, para iniciar o processo de capacitação para o início dos trabalhos de assistência. Eles também realizaram o teste-rápido para Covid-19. Ao todo, foram 236 profissionais do Amazonas, e 31 vindos de outros estados do Brasil. 

    “Aqui o que a gente vai fazer é um treinamento para deixar a forma mais homogênea e, principalmente, a proteção desse profissional, processo de trabalho seguro, uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), para que a gente diminua a contaminação de profissionais, trazendo mais segurança para as equipes, para os pacientes e para as famílias”, afirmou Vasconcelos.

    Os profissionais foram divididos e receberão, pelo menos, dois dias de treinamento. 

    “Vamos trabalhar alguns conteúdos voltados para a assistência propriamente dita, como atendimento a parada cardiorrespiratória do paciente Covid, ventilação mecânica e outros assuntos voltados à questão assistencial, e finalmente vamos trabalhar também o conteúdo voltado para cuidados com o corpo de paciente Covid, considerando ser uma doença infectocontagiosa, onde precisa ter cuidados fundamentais para que não haja disseminação da contaminação”, disse Leda Sobral, chefe do Núcleo de Educação do Samu em Manaus.

    *Com informações da assessoria

    Coronavirus
    Comentários