Fonte: OpenWeather

    exames de direção


    Detran-AM usa telemetria nos exames práticos das categorias B

    A inovação em uso de tecnologia é pioneira no país

    O uso da tecnologia nos testes é pioneira no país
    O uso da tecnologia nos testes é pioneira no país | Foto: Divulgação

     

    O uso da tecnologia nos testes é pioneira no país
    O uso da tecnologia nos testes é pioneira no país | Foto: Divulgação

    Manaus - Os exames práticos de direção da categoria B, retomados no último dia 15 de junho, começaram a utilizar um sistema de telemetria para capturar todas as ações dos alunos e dos examinadores.

    O sistema capta áudio, vídeo e dados do percurso e todas as ações realizadas durante o teste. O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), é pioneiro no país no uso da tecnologia que vai garantir maior transparência ao processo de retirada da CNH.

    A telemetria vem sendo implantada e testada desde o segundo semestre do ano passado, quando se iniciou a instalação dos equipamentos em todos os 280 veículos utilizados pelas autoescolas de Manaus.

    Sem acréscimo no valor

    A implantação da tecnologia foi toda custeada pelo Detran-AM e não implicará nenhum acréscimo no valor pago pelos alunos, pelo contrário. Antes, se a pessoa quisesse fazer a revisão do exame, teria que pagar uma taxa de R$ 9,14, mas agora, com a tecnologia implantada, todas essas informações já estão disponíveis, gratuitamente, na área do aluno, no Portal de Serviços www.digital.detran.am.gov.br

    A verba para esse avanço tecnológico foi liberada ainda em 2018. O custo total para implantação, em todas as categorias na capital e no interior, é de R$ 8.449.528,40, sendo que o valor mensalmente pago pelo Detran, referente ao que já foi implantado, é de R$ 430.569,09.

    “Com a implantação da telemetria, o Detran Amazonas dá mais um salto tecnológico no processo de emissão da CNH e também passa a ter meios de cumprir o artigo 49 da Resolução 789 do Contran, que diz respeito ao índice mínimo de aprovação dos exames teóricos e práticos pelos Centros de Formação de Condutores. Além disso, para o aluno essa inovação significa mais transparência e rapidez na obtenção de sua habilitação, pois com o novo sistema, o resultado do exame vai estar pronto no mesmo dia”, explicou o diretor presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá Barbosa.

     

    A telemetria conta com três câmeras de vídeo com captação de áudio, além de cinco sensores
    A telemetria conta com três câmeras de vídeo com captação de áudio, além de cinco sensores | Foto: Divulgação

    Tecnologia

    O sistema utiliza câmeras, sensores e um software que registra e armazena todas as ações do aluno durante a avaliação. Além desses equipamentos no veículo, o examinador passa a utilizar um tablet, no qual serão lançados os apontamentos e as penalidades cometidas durante o exame de direção. Esses dados ficam disponíveis para o aluno de maneira on-line no portal do Detran-AM.

    A telemetria conta com três câmeras de vídeo com captação de áudio, além de cinco sensores (na embreagem, setas, freio de mão, cinto de segurança e motor) e um HD para armazenar as informações. Os dados captados também são transmitidos, em tempo real, para a central do sistema, que fica no Centro de Exames de Direção Veicular (CEDV), no bairro de Santa Etelvina, na zona Norte de Manaus.

    Como funciona

    Antes de começar o exame de direção, o sistema faz o reconhecimento biométrico do aluno a partir da coleta da impressão digital no tablet do avaliador. Na sequência, o próprio sistema apresenta os dados do condutor e do veículo utilizado, registra o desempenho durante o percurso e gera um relatório do teste com o tempo de duração, a distância, o caminho percorrido, a velocidade, as faltas e infrações cometidas.

    Essa é a primeira fase de utilização da telemetria nos exames práticos de direção. Pelo planejamento do Detran-AM, o sistema também vai ser implantado nas categorias A, C, D e E. Inclusive os testes nos exames práticos da categoria A já começaram.

    Após implantação em Manaus, a telemetria será levada ao interior do Amazonas. A intenção é ter o sistema em todos os 590 veículos utilizados no Estado para os exames práticos de direção veicular.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Detran-AM reabre Posto de Atendimento no Parque 10 Mall

    Mais de 200 condutores de 'veículos' barulhentos são multados em Manaus 

    Oito bares são fechados durante operação em Manaus 

     Veja também

    Comentários