Fonte: OpenWeather

    Velório


    Familiares e amigos dão adeus aos policiais mortos em confronto no AM

    A despedida acontece no oratório do Comando Geral da Polícia Militar

    A cerimônia foi reservada a amigos e familiares
    A cerimônia foi reservada a amigos e familiares | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - Em uma cerimonia reservada para amigos e familiares, o velório dos policiais militares mortos, em um confronto com traficantes no interior do Amazonas, iniciou por volta das 18h30 desta terça-feira (4). A despedida acontece no oratório do Comando Geral da Polícia Militar, no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus. 

    O sargento Manoel Wagner Silva Souza e o cabo Marcio Carlos de Souza, ambos do efetivo da Companhia de Operações Especiais (COE), morreram na segunda (3) durante um intenso conflito no rio Abacaxis, em Nova Olinda do Norte. 

    Os policiais foram morto por criminosos que atuam no interior do AM
    Os policiais foram morto por criminosos que atuam no interior do AM | Foto: divulgação


    A família não permitiu que a imprensa acompanhasse a cerimônia. As equipes de reportagens ficaram posicionadas a aproximadamente 300 metros de distância da entrada do oratório. Até o momento, o horário e local dos sepultamentos não foram divulgados.

    O Em Tempo ainda conseguiu conversar brevemente com a amiga do cabo Marcio Carlos, que lamentou o ocorrido. 

    “Fiquei em choque quando recebi a notícia da morte do Marcio, ele era muito querido. Um irmão em Cristo, sempre presente na vida dos amigos. Ele amava a profissão e, infelizmente, foi vítima dessa tragédia. Fará muita falta, ele só se distanciava quando ia para essas missões”, relatou a autônoma Peth Mubarac, de 56 anos.

    Veja a reportagem: 

    Leia mais:

    PMs são mortos em confronto com traficantes no interior do Amazonas

    Associação lamenta mortes de policiais no Amazonas e exige Justiça

    Baleado, pescador esportivo denuncia milicianos que agem em rio no AM

    Comentários