Fonte: OpenWeather

    Educação no AM


    Wilson Lima recebe apoio do Unicef para volta às aulas no AM

    Para o governador, a decisão pela retomada das aulas também tem o objetivo de reduzir os riscos de evasão escolar

    A reunião também contou com a participação da coordenadora do Unicef para o território amazônico, Anyoli Sanabria; da chefe do escritório do Unicef em Manaus, Debora Nandja; além de secretários de Estado
    A reunião também contou com a participação da coordenadora do Unicef para o território amazônico, Anyoli Sanabria; da chefe do escritório do Unicef em Manaus, Debora Nandja; além de secretários de Estado | Foto: Diego Peres/Secom

    Manaus – Os integrantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil avaliaram bem a retomada das aulas presenciais na rede pública estadual da capital e apoiaram Wilson Lima em reunião nesta quarta-feira (21). 

    Wilson Lima destacou que o planejamento da Secretaria de Educação e Desporto para o retorno dos Ensinos Fundamental e Médio segue todas as recomendações e protocolos sanitários definidos pelas autoridades em saúde.

    Para o governador, a decisão pela retomada das aulas também tem o objetivo de reduzir os riscos de evasão escolar, déficit de aprendizagem e insegurança alimentar entre os alunos.

    “O que sempre tenho destacado aqui, no estado, é a necessidade de a gente priorizar aquilo que é importante. A educação para nós é importante, e não faz sentido estarem acontecendo festas, abertura de bares e restaurantes, enquanto salas de aula e escolas estão fechadas. Isso eu não vou permitir que aconteça. É por isso que a gente tem feito um esforço muito grande para retomar as atividades letivas”, afirmou o governador.

    De acordo com a representante do Unicef no Brasil, Florence Bauer, a educação é uma das áreas que mais têm preocupado a organização durante a pandemia, pelos impactos que ela pode ter no futuro de crianças e adolescentes.

    “O Unicef vem sensibilizando a sociedade sobre esse impacto tremendo que é o fechamento das escolas, uma medida que foi necessária, mas o que é prioridade agora é a reabertura segura das escolas. Ninguém fala de abrir de um dia para o outro, estamos falando de preparar cada município em função da situação epidemiológica do país. Por isso, ficamos muito interessados e felizes pelo estado do Amazonas ter tomado esse passo de reabertura”, afirmou.

    Áreas prioritárias

    Durante a videoconferência, também foram discutidas as possibilidades de parceria em outras áreas prioritárias, como saneamento básico, saúde e nutrição, nas quais o Unicef se dispõe a apoiar o Governo do Amazonas.

    O governador Wilson Lima afirmou que essa aproximação com organismos internacionais é importante para o Estado avançar em muitas frentes essenciais para o bem-estar do povo amazonense.

    “É do nosso interesse entender de que forma a gente pode aprimorar mais essa nossa parceria e como é que a gente vai fazer esses avanços. Aqui também estamos à disposição para recepcionar propostas do Unicef que deram certo em outras regiões e adaptar para a nossa realidade”, acrescentou.

    A reunião também contou com a participação da coordenadora do Unicef para o território amazônico, Anyoli Sanabria; da chefe do escritório do Unicef em Manaus, Debora Nandja; além de secretários de Estado.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Incêndio atinge duas casas no bairro da Glória

    No AM, final de ano pode ser marcado com grande volume de chuva

    Comentários