Fonte: OpenWeather

    Mobilidade Urbana


    Manaus ganha estação de transferência de passageiros na Max Teixeira

    A estação de transferência de passageiros Parque das Nações, também denominada E4, localizada na avenida Max Teixeira, foi inaugurada nesta sexta-feira (11)

    A E4, que já passou por um teste operacional no dia 26 de novembro
    A E4, que já passou por um teste operacional no dia 26 de novembro | Foto: Ana Gadelha

    Manaus - Mais uma obra do pacote de mobilidade urbana da Prefeitura de Manaus foi entregue nesta sexta-feira (11). A estação de transferência de passageiros Parque das Nações, também denominada E4, localizada na avenida Max Teixeira, bairro Cidade Nova, começa a receber as linhas de ônibus de bairros da Zona Norte e vai oferecer opções de integração com outras linhas em direção ao centro da cidade, terminais de integração e outros bairros da capital.

    "Eu ressalto que a qualidade da obra é excepcional. E isto está dentro de um programa para preparar a cidade para uma grande virada na mobilidade urbana", afirmou o prefeito Arthur Virgílio Neto durante a cerimônia de entrega da obra. 

    Cerimônia aconteceu nesta sexta (11)
    Cerimônia aconteceu nesta sexta (11) | Foto: Ana Gadelha

    A E4, que já passou por um teste operacional no dia 26 de novembro, com checagem de catracas e sensores, é dotada de embarque controlado eletronicamente, portas automáticas, plataformas e piso em asfalto rígido, que garante maior durabilidade e aguenta o fluxo de ônibus no local. A nova estação é semelhante à que foi entregue no bairro São Jorge, que integra o complexo viário Ministro Roberto Campos, na avenida Constantino Nery.

    Além da São Jorge e Parque das Nações, outras duas estações estão sendo construídas, uma delas, a estação Santos Dumont, na avenida Torquato Tapajós, já com 99% das obras realizadas. A outra, a estação Arena, construída na avenida Constantino Nery, em frente às arenas da Amazônia e Amadeu Teixeira, também com 99% de conclusão.

     a nova Estação terá áreas elevadas para receber veículos com portas à esquerda
    a nova Estação terá áreas elevadas para receber veículos com portas à esquerda | Foto: Ana Gadelha

    "Manaus deve crescer na continuidade dessas obras, que representam a metropolização da cidade, cada vez mais com um ar de grandeza", ressaltou.

    A obra

    A construção das estações de transferência integra o pacote de Obras para a Mobilidade, lançado pela Prefeitura de Manaus, que incluem, também, os complexos viários Ministro Roberto Campos (já entregue e em funcionamento na avenida Constantino Nery, entre as ruas Pará e João Valério), e Professora Isabel Victória (na avenida Max Teixeira, em frente à entrada do conjunto Manoa), com previsão de entrega para este mês; as reformas dos terminais T3, T4 e T5; a reconstrução do T1 e a construção do T6.

    "A mobilidade urbana é muito importante em qualquer cidade, e aqui já começa a mudar todo o panorama de Manaus", concluiu Arthur Neto.

    Veja a inauguração

    Como vai funcionar? 

    Formada por duas plataformas, a nova Estação terá áreas elevadas para receber veículos com portas à esquerda. Na plataforma “A”  haverá paradas de ônibus no sentido bairro/Centro, onde passageiros poderão embarcar para o Centro em quatro linhas: 300 – T3 / Cidade Nova / E4 / T1 / Centro; 357 – Conjunto Viver Melhor / Avenida das Flores / T3 / E4 / T1 / Centro; 448 – Cidade de Deus / E4 / T1 / Centro; 640 – T4 / T3 / Cidade Nova / E4 / T1 / Centro.

    Ainda na área elevada da plataforma “A”, os passageiros terão como opção a linha 641 para se deslocar à área do bairro Ponta Negra e ao aeroporto internacional Eduardo Gomes, zona Oeste. Será criada ainda a linha 415 - T3 / E4 / Mário Ypiranga / T2 / Cachoeirinha, que atenderá passageiros da nova estação de transferência em deslocamento ao terminal 2, no bairro Cachoeirinha, zona Sul.

    A nova estação é semelhante à que foi entregue no bairro São Jorge
    A nova estação é semelhante à que foi entregue no bairro São Jorge | Foto: Ana Gadelha

    Na Plataforma “A”, os passageiros também poderão embarcar nas linhas alimentadoras: A030 – Santa Etelvina / E4; A328 - Conjunto João Paulo / E4 – Parque das Nações; e A301 – Terra Nova / E4 – Parque das Nações. Outra opção no local será a linha 450 – Ponta Negra / Redenção / E4 – Parque das Nações / T3.

    Na plataforma “B” da estação, sentido Centro/bairro, os usuários do transporte poderão embarcar em linhas alimentadoras em direção aos bairros da zona Norte. Na área baixa da plataforma, irão realizar embarque as linhas: A032 – Comunidade Vitória Régia / E4 – Parque das Nações; A317 – Comunidade Vitória Régia / E4 – Parque das Nações; A055 – Via Norte / Viver Melhor 3 e 4 / América do Sul / Santa Marta / E4 – Parque das Nações; e A059 – Comunidade São Pedro / Campos Sales / E4 - Parque das Nações.

    Também estarão disponíveis para embarque no sentido Centro/bairro, na plataforma “B”, em sua área elevada, as linhas: 300 - T3 / Cidade Nova / E4 / T1 / Centro; 357 – Conjunto Viver Melhor / Avenida das Flores / T3 / E4 / T1 / Centro; 448 – Cidade Deus / E4 / T1 / Centro; 640 – T4-3 / Cidade Nova / E4 / T1 / Centro; 415 -T3 / E4 / Mário Ypiranga / T2 / Cachoeirinha; e 641 – Ponta Negra / Aeroporto / E4 / T3-T4.

    Leia mais

    ‘Venho aos canteiros para cobrar agilidade e qualidade’, diz prefeito

    Obra do Skate Park Ulysses Marcondes ultrapassa 70% de execução

    'Cumprimos o nosso dever', diz Arthur sobre obra na Mário Ypiranga

     

    Comentários