Fonte: OpenWeather

    Tragédia


    IML libera corpos das vítimas do acidente aéreo em Manaus

    O avião caiu após decolar do Aeroclube do Amazonas. A quinta vítima continua em estado grave no João Lúcio

    O acidente aconteceu após o avião decolar do Aeroclube | Foto: Marcelo Cadilhe

    Manaus - Os corpos das quatro pessoas, que morreram durante a queda de um avião de pequeno porte nas proximidades do Aeroclube do Amazonas, foram liberados do Instituto Médico Legal (IML). O acidente aéreo aconteceu na manhã de quinta (22), em uma área de mata, Zona Centro-Sul de Manaus.  A quinta vítima continua internada em estado grave.

    O corpo do copiloto José Hernandes Rogério, de 38 anos, foi liberado no fim da tarde de ontem. O irmão da vítima estava no local, mas não quis falar com a imprensa. O corpo dele será velado na Igreja Tabernáculo da Fé, bairro Chapada, na Zona Centro-Sul da capital. Ele é um que será enterrado em Manaus.

    Leia também: Preso homem que assediou e mostrou pênis para mulheres em ônibus em Manaus

    Já os outros três corpos foram liberados durante a madrugada desta sexta-feira (23), após familiares comparecerem à sede do IML. 

    Piloto

    O corpo do piloto Robinson Rodrigues Castiho será levado para o município de Nova Olinda do Norte (a 135 km de Manaus), onde morava. Já os corpos do empresário Osni dos Santos e Valdir Adem Sestrem serão levados para as cidades onde nasceram, Gaspar (SC) e Campina da Lagoa (PR), ainda na manhã de hoje em um voo fretado.

    Robinson, José Hernandes, Osni dos Santos morreram durante a queda do avião. Já Valdir ainda chegou a ser socorrido com vida e levado para o hospital, porém teve uma parada cardíaca e morreu.

    A quinta vítima, o empresário Fábio Matias da Cunha, passou um procedimento cirúrgico e continua internada em estado grave no Hospital Pronto Socorro João Lúcio. 

    O acidente 

    As vítimas estavam em um avião de  pequeno porte, da fabricante Embraer, de modelo 720 D e prefixo PTVKR, que havia saído do Aeroclube do Amazonas com destino ao município de Borba. Os empresários participariam de uma reunião com o vice-prefeito da cidade com objetivo de investir no turismo local.

    Tristeza

    Amigos do empresário Osni dos Santos, proprietário da empresa "Paxa Confecções",  lamentaram a morte dele, que era bastante conhecido e querido na cidade de Gaspar. 

    "Não consigo acreditar que perdemos um homem tão bom. Um patrão maravilho, um pai presente e uma pessoa humilde, que Deus te receba de braços abertos", escreveu uma amiga de Osni. 

    "Grande amigo e parceiro da juventude, dos bailes do 9 de agosto e das festas de igreja. Vá em paz paxá", escreveu outro amigo da vítima.

    Edição: Bruna Souza

    Leia mais:

    Desembargador do AM suspeito de abusar de neta será investigado

    Corpo de copiloto morto em queda de avião é liberado para sepultamento

    Lacta abre 2 mil vagas de emprego para Páscoa

    Comentários