Fonte: OpenWeather

    Educação


    Projetos de Inovação Tecnológica da Ufam são levados à Câmara Federal

    As ações desse programa são voltadas para o desenvolvimento econômico, cultural e político dos povos da Amazônia

    O deputado, que levanta a bandeira da Educação, pretende apresentar as demandas da instituição no Ministério da Educação
    O deputado, que levanta a bandeira da Educação, pretende apresentar as demandas da instituição no Ministério da Educação | Foto: Divulgação


    Manaus - Com o intuito de alavancar os projetos de pesquisa da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), membros da pró- reitoria de Inovação Tecnológica (Protec) da instituição, apresentaram ao deputado federal professor Gedeão Amorim (MDB), os novos programas que estão sendo desenvolvidos em benefício da população amazonense.

    O deputado, que levanta a bandeira da Educação no Parlamento Federal, pretende apresentar as demandas da instituição no Ministério da Educação, em Brasília. De acordo ele, um dos projetos que já estão em funcionamento e que chama atenção pela sua abrangência, é o Parque Científico e Tecnológico para Inclusão Social (PCTIS), constituído por uma Rede de Pesquisa, Extensão e Inovação Tecnológica.

    “As ações desse programa são voltadas para o desenvolvimento econômico, cultural e político dos povos da Amazônia. Hoje, ele já está em 26 municípios do Estado e atende diversas comunidades rurais, além de ONGs, empresas e empreendimentos econômicos solidários, como artesãos, catadores de material reciclável e populações de rua”, destaca o parlamentar.

    Leia também: Situação de institutos sem verbas no AM é discutida na Câmara Federal

    Segundo o pró-reitor do Protec, professor Valtair Machado, os projetos que compõem o Parque tomam como referência o conceito de cidadania social e ambiental intensificando a capacidade de intervir, participar e atuar de maneira dinâmica e compromissada na realidade socioambiental da região.

    Além do Parque Científico, outros projetos estão na gaveta por falta de recursos
    Além do Parque Científico, outros projetos estão na gaveta por falta de recursos | Foto: Divulgação


    “O Parque, em conjunto com outros projetos e programas da Ufam representam o compromisso da instituição de desenvolver ações de inovação tecnológica e social que resultem no desenvolvimento com foco na biodiversidade e na geração de novas oportunidades às populações empobrecidas”, aponta o pró-reitor.

    Recursos

    Além do Parque Científico, outros projetos estão na gaveta por falta de recursos, como o “Espaço Maker”, que seria a construção de um ambiente moderno, dentro da Ufam, destinado à criatividade.

    “Programas como esse não devem ser negligenciados ou esquecidos. Levarei a demanda ao Ministério da Educação para conseguirmos apoio nesta causa”, afirma Amorim.

    Na última semana, a Comissão de Integração Nacional e Desenvolvimento Regional da Amazônia (Cindra) da Câmara Federal realizou uma Audiência Pública, oriunda do Requerimento 195/2018 do deputado Gedeão Amorim, em busca de soluções à crise que atinge os Institutos Federais de Pesquisa do Amazonas, entre eles, a Ufam.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais

    Ufam promove espetáculo de dança gratuito no Cento de Artes da escola

    Audiência discute soluções para crise de institutos de pesquisa do AM

    Veja opiniões sobre PL que libera caça a animais silvestres no país

    CIDADANIA

    Comentários