Fonte: OpenWeather

    INOVAÇÃO


    Criado no Amazonas, app Mobi conquista público e alcança o exterior

    Invenção genuinamente amazonense, aplicativo Mobi já está presente em Manaus, Boa Vista e Rio Branco, e deve iniciar suas operações na cidade do Porto, em Portugal

    Tratativas para o Mobi operar em outros lugares do Brasil e do mundo já estão em andamento
    Tratativas para o Mobi operar em outros lugares do Brasil e do mundo já estão em andamento | Foto: Ione Moreno

    Manaus - O advento da tecnologia revolucionou até a forma de ir para os lugares. Se antes, as pessoas precisavam esperar um táxi passar para poderem ir a algum lugar, a distância entre um transporte particular e um usuário, hoje, está na palma da mão. E foi pensando nisso que um grupo de amazonenses criou o aplicativo Mobi, que entrou no mercado de aplicativos de mobilidade urbana, oferecendo uma opção genuinamente "baré" para os manauaras.

    A Mobi, que iniciou suas atividades em março de 2018, conta hoje com mais de 3.500 motoristas, distribuídos entre os estados de Amazonas, Roraima e Acre. Toda a interface e programação do aplicativo foram desenvolvidos pela empresa Guadium Tecnologia, e a aplicação pode ser baixada tanto no sistema Android como no Mac OS.

    Leia também: Aplicativo de corridas exclusivo para mulheres é lançado em Manaus

    O diferencial do Mobi para outros aplicativos é que os demais cobram um percentual do valor da corrida. Já na Mobi, de acordo com o diretor comercial da empresa, o também motorista Márcio Pinheiro, de 49 anos, é completamente diferente das demais. "Não querermos quantidade, e não temos interesse em sobrecarregar o motorista. A ideia é sermos, de fato, competitivos, tendo maiores ganhos e maior rentabilidade para o motorista parceiro".

    Márcio Pinheiro, de 49 anos, é diretor comercial da Mobi
    Márcio Pinheiro, de 49 anos, é diretor comercial da Mobi | Foto: Ione Moreno


    "Quando o motorista entra na empresa, não é retirado um percentual, mas sim uma mensalidade que, mesmo que se comparada com os percentuais cobrados pelos outros aplicativos, ainda é baixa. Nós pensamos na comodidade do motorista, e o quanto ele pode lucrar com as corridas que ele faz", explica Pinheiro.

    A empresa conta com o aplicativo tanto na versão do passageiro como na versão do motorista, que é o Mobi Driver. Nele, o motorista pode selecionar se aceita cartão de crédito, cartão de débito, voucher, ou qualquer outra forma de pagamento. Outra novidade que também é adotada pelo aplicativo é o chamado "marketing automotivo", de acordo com o diretor comercial. 

    Mobi Driver, aplicativo para o motorista
    Mobi Driver, aplicativo para o motorista | Foto: Ione Moreno/EM TEMPO

    "Nós temos parceria com uma escola de idiomas, por exemplo. Essa escola anuncia nos pára-brisas dos carros, sem qualquer custo para o motorista, e quem acaba pagando a mensalidade da permanência na Mobi é justamente a empresa. Ou seja, nós conseguimos fazer com que a nossa plataforma seja a única em que o motorista consiga rodar a custo zero, com 100% do lucro para ele", ressalta Pinheiro.

    Expansão

    Além de Manaus, a empresa já está presente em Boa Vista (RR) e Rio Branco (AC), e está em fase de implantação na cidade de Macapá (AP). Outros estados do Brasil, inclusive de fora da região Norte, já estão em tratativas para que a Mobi comece a operar em seus territórios.

    O sistema, inclusive, já começou suas operações do outro lado do Oceano Atlântico: a cidade do Porto, em Portugal, já conta com os serviços do aplicativo, que já deve também começar a operar em Lisboa, capital portuguesa, e até mesmo na Espanha.

    Tratativas para o Mobi operar em outros lugares do Brasil e do mundo já estão em andamento
    Tratativas para o Mobi operar em outros lugares do Brasil e do mundo já estão em andamento | Foto: Ione Moreno

    "Para a gente, é uma alegria incrível ver que uma empresa que nasceu aqui em Manaus, no coração da Amazônia, já está com essa projeção nacional e internacional. Temos conversado bastante com vários empresários e investidores, e um desses empresários já está pensando em começar as operações do Mobi Driver até no Qatar. Estamos orgulhosos de toda essa projeção que estamos tendo".

    Cooperativa

    E para os motoristas da Mobi Driver, há também um diferencial: a participação na cooperativa Amazon Eco Drive, que oferece serviços voltados exclusivamente para os motoristas, tudo para que eles possam oferecer um serviço melhor aos seus usuários. A ideia, segundo Márcio, é oferecer conforto não apenas para o cliente, mas também para o próprio motorista.

    No aplicativo, os passageiros podem verificar a localização dos motoristas próximos
    No aplicativo, os passageiros podem verificar a localização dos motoristas próximos | Foto: Ione Moreno/EM TEMPO

    "Temos três oficinas automotivas que são nossas parceiras: uma, que é especializada em trocas de óleo; outra, que é especializada em injeção eletrônica; e a terceira, que é especializada em suspensão, alinhamento e balanceamento. Além disso, já fechamos parceria com dois restaurantes, onde o motorista que está cooperado pode almoçar tranquilamente, a um custo mais baixo".

    *Edição: Isac Sharlon

    Leia também

    Waze lança novo aplicativo de carona com corrida inicial de R$ 2

    Aplicativo de mobilidade urbana reduz preço de corrida em Manaus

    Motoristas de aplicativos em Manaus recusam pagamento em cartão

    Comentários