Fonte: OpenWeather

    Abelha Jataí


    Vamos saber mais sobre a abelha jataí?

    Uma pesquisa da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, estima que um terço dos alimentos consumido é diretamente dependente do trabalho das abelhas, responsáveis pela polinização de 80% dos cultivos do planeta.

     

     Abelha Jataí é nativa do Brasil
    Abelha Jataí é nativa do Brasil | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Abelha Jataí é nativa do Brasil, com ampla distribuição geográfica - é encontrada do Rio Grande do Sul até o México. A Jataí possui cor amarelo-ouro e tem corbículas pretas (aparelho coletor onde o pólen é recolhido). Também, não possui ferrão. É uma abelha muito mansa, no máximo, dá uns pequenos beliscões ou gruda cerume nos intrusos quando se sente ameaçada. Essa característica permite que ela seja criada perto de casa, de pessoas e animais sem oferecer riscos de ataques.

    Ninho

    O ninho construído pela Jataí é praticamente em forma de disco. Cera e resina separam o ninho como se fosse uma proteção, tanto na parte superior quanto na inferior do núcleo. A essa mistura de cera damos o nome de batume.

    Os favos são construídos no sentido horizontal, em camadas sobrepostas. Quando as últimas células ainda estão com ovos na parte superior, as que estão na parte inferior arrebentam-se para conviver com as demais, tendo-se, assim, uma sequência de reprodução.

    Na entrada do ninho é construído um tubo de cera, o qual é fechado durante a noite, deixando-se pequenos orifícios, como uma espécie de teia, a fim de permitir o arejamento interno.

    Importância das abelhas:

    As abelhas têm papel fundamental na natureza. A função do inseto na cadeia alimentar é essencial para a sobrevivência de muitas espécies, inclusive a humana. Uma pesquisa da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, estima que um terço dos alimentos consumidos no mundo é diretamente dependente do trabalho das abelhas no meio ambiente, responsáveis pela polinização de 80% dos cultivos do planeta. Há estudos, inclusive, que estimam o fim da vida na Terra, caso esses insetos sumissem.

    Siga o Portal EM TEMPO no instagran e acompanhe nossas publicações. 

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Comentários