Fonte: OpenWeather

    Política


    'CBA já pode andar com as próprias pernas', diz Pauderney Avelino

    O deputado federal Pauderney Avelino (DEM), comemorou a conquista da independência orçamentária e personalidade jurídica do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA).

    Para Pauderney, com a nova realidade, o CBA deve se tornar um centro gerador que levará soluções da biodiversidade da Amazônia para o mundo
    Para Pauderney, com a nova realidade, o CBA deve se tornar um centro gerador que levará soluções da biodiversidade da Amazônia para o mundo | Foto: Divulgação

    Manaus -O deputado federal Pauderney Avelino (DEM), comemorou a conquista da independência orçamentária e personalidade jurídica do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA).

    O anúncio sobre a nova legislação para o CBA ocorreu na manhã desta quarta-feira (9), pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima, durante 284ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS). 

    Para Pauderney, com a nova realidade, o CBA deve se tornar um centro gerador que levará soluções da biodiversidade da Amazônia para o mundo.

    “Com personalidade jurídica e recursos orçamentários próprios, o CBA poderá andar com as próprias pernas. Além disso, nós destinamos a possibilidade de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) gerado pela lei de informática e pelas indústrias de informática do Polo Industrial de Manaus (PIM), que será um incremento a mais ao CBA. Fico feliz de ter colaborado desta forma para o desenvolvimento da nossa região, da ciência e tecnologia do nosso país”, afirmou o deputado.

    Ataques a Zona Franca 

    Questionado sobre os ataques que a Zona Franca tem sofrido por políticos da região sul e sudeste do país, Pauderney afirmou sobre a importância de serem apresentados argumentos fortes por parte da Bancada Federal para assuntos como os benefícios fiscais. 

    “Não dá para a gente simplesmente ficar quieto. Temos que fazer uma revisão e estarmos presentes em toda e qualquer discussão, porque é ai que mora o perigo, pois, qualquer debate que aja, é a Zona Franca de Manaus que eles colocam como os verdadeiros vilões do benefício fiscal".

    Para Pauderney, o amazônida é o herói que deixa a floresta de pé e ocupa esta região do Brasil. "Vamos continuar trabalhando para fazer valer a contrapartida, a geração de empregos, tributos e renda e toda atividade econômica, no Amazonas e na Amazônia", pontuou.

    Leia mais:

    Pauderney tenta derrubar decreto prejudicial à Zona Franca de Manaus

    Pauderney é o novo líder do DEM na câmara dos deputados

    Ministro Conalgo fala sobre concurso da Suframa e melhorias no CBA




    CIDADANIA

    Comentários