Fonte: OpenWeather

    CORONAVÍRUS


    Mãe faz apelo em rede social após filha de 21 anos morrer com Covid-19

    Chloe pode ser a vítima mais jovem sem doenças pré-existente a morrer de coronavírus no Reino Unido

    Chloe pode ser a vítima mais jovem sem doenças pré-existente a morrer de coronavírus no Reino Unido
    Chloe pode ser a vítima mais jovem sem doenças pré-existente a morrer de coronavírus no Reino Unido | Foto: Divulgação


    Uma mãe fez um post emocionada sobre a morte de sua filha de 21 anos, após a jovem ter contraído o COVID-19, no Reino Unido. De acordo com o The Sun, Diane Middleton afirmou que Chloe Middleton morreu sem ter nenhuma doença pré-existente.

    No Facebook, a mãe fez um apelo às pessoas que não acreditam na gravidade da pandemia. "A todas as pessoas que acham que é apenas um vírus, pensem novamente", escreveu.

    Ainda segundo a publicação, Chloe pode ser a vítima mais jovem sem doenças pré-existente a morrer de coronavírus no Reino Unido.

    "Falando de uma experiência pessoal, esse vírus tirou a vida da minha filha de 21 anos", continuou Diane. A família, que mora em High Wycombe, Bucks, pediu para que as pessoas permaneçam em suas casas, a fim de evitar a contaminação em massa.

    A tia de Chloe, Emily Mistry, também reforçou na rede social que a jovem era saudável. "Minha linda, de coração gentil, não tinha problemas de saúde. Meus familiares estão passando por uma dor inimaginável. Estamos despedaçados", escreveu.

    Coronavirus
    Comentários