Fonte: OpenWeather

    Intoxicação


    Menina morre ao comer bolo que seria levado para o pai em presídio

    A fatalidade aconteceu no município de Manoel Urbano, no Acre

    A criança tinha apenas 1 ano e 11 meses | Foto: Divulgação

    A pequena  Kethelly Katrinny, de 1 ano e 11 meses, morreu após comer um bolo que seria levado para o pai dela no presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, interior do Acre.

    A família mora na cidade de Manoel Urbano. A polícia informou que a mãe da criança deixou o bolo em cima de uma mesa e não viu quando a filha comeu.

    Leia também: Corpo de homem é encontrado com sinais de tortura, em ramal de Manaus

    Dois adolescentes, que são primos da menina, também comeram do bolo e passaram mal. Os três foram levados para o hospital da cidade, mas Kethelly não resistiu aos ferimentos e morreu.

    O corpo da menina foi levado para o Instituto Médico Legal IML (IML), em Rio Branco, para ser submetido a exames de necropsiaria. A mãe da criança, que tem 18 anos, ficou em em choque. O pai de Kethelly também ficou transtornado, informou um tio da criança.

    Intoxicação

    De acordo com o médico, que atendeu a criança no hospital de Manoel Urbano, Julio Andres Antezana, a causa da morte foi intoxicação alimentar e pneumonia química. O laudo do IML deve informar o que causou essa intoxicação.

    Leia mais: 

    Homem baleado agoniza até a morte em frente à feira do São José 2

    Loja de móveis no Alvorada é assaltada e bandidos fogem em carro

    Preso com 25 kg de droga, homem confessa que dinheiro pagaria estudos

    Comentários