Fonte: OpenWeather

    Caos na Saúde


    Em colapso de saúde, RO anuncia transferência de doentes com Covid-19

    A suspeita é de que a nova variante com origem no Amazonas, seja responsável pela explosão de casos

     

    Sem vagas para mais atendimentos, ele fez ainda um apelo para que médicos se dirijam ao estado para ajudar equipes de saúde
    Sem vagas para mais atendimentos, ele fez ainda um apelo para que médicos se dirijam ao estado para ajudar equipes de saúde | Foto: Divulgação

    O governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), anunciou em pronunciamento ontem à noite que chegou a um acordo com o governo federal para transferir pacientes que estão em fila de espera para tratamento da covid-19.

    Temos equipes, mas tem uma profissão que faz grande falta: os médicos, aqueles que vão comandar essas equipes. Eu faço um apelo ao senhor doutor, à senhora doutor que, por favor, venha nos ajudar, ajudar os rondonienses porque nós temos os leitos, mas está faltando o senhor e a senhora para ajudar os demais integrantes da equipe de saúde.

    Segundo Rocha, um contato feito ontem com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, garantiu que o governo federal deve transferir pacientes e ajudar a desafogar a rede de saúde sem vagas para novos pacientes. Ontem, 543 pessoas estavam internadas tratando a doença em hospitais de Rondônia.

    Nós passamos o dia em contato com o governo federal, com o general Pazuello, e ele de pronto disse que iria atender o nosso pedido e de fazer a transferência dos pacientes que estão na fila de espera e quantos mais forem necessários para outros hospitais federais do nosso país. O estado enfrenta um aumento sem precedentes no número de casos confirmados, que mais que quintuplicou em apenas três se.

    *Com informações da UOL Notícias

    Leia Mais:

    Prefeito David Almeida solicita volta completa da frota de ônibus

    Vacinas da AstraZeneca começam a ser distribuídas nesta segunda (25)

    Comentários