Fonte: OpenWeather

    São Paulo


    Menina de 7 anos morre durante 'desafio do desodorante'

    O desafio consiste em aspirar sprays ou desodorantes por diversas vezes e verificar 'quanto tempo você aguenta'

    A família de Adrielly tentou socorrer a menina, mas ela não resistiu e chegou morta no hospital | Foto: Divulgação/Facebook

    São Paulo - A pequena Adrielly Gonçalves, de 7 anos, morreu após inalar desodorante aerossol durante o “Desafio do Desodorante”, uma brincadeira perigosa que está se espalhando nas redes sociais. A tragédia aconteceu no último sábado (4), em São Bernardo do Campo (SP).

    A família de Adrielly tentou socorrer a menina, mas ela não resistiu e chegou morta à Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

    Muita abalada, a mãe da menina, Márcia Antônia de Oliveira, conta que quando chegou do trabalho encontrou a menina em cima da cama desacordada.

    Leia também: Fachada de prédio pega fogo após curto circuito em poste no centro

    “Achei estranho a posição dela, mas pensei que estava normal. Fiz uma foto e mandei para o meu irmão, mas quando me aproximei e tirei o cobertor vi que ela estava segurando um desodorante. Me desesperei e saí gritando pelo corredor a Adrielly está morta. Levamos ela para a UPA. Os médicos tentaram reanimá-la, mas infelizmente não conseguiram”, contou a mãe em lagrimas.

    Para que não ocorra mais casos como o que Adrielly, familiares da menina estão fazendo campanha nas redes sociais para alertar sobre o perigo de crianças e jovens repetirem ações irresponsáveis divulgadas na internet.

    “Pais evitem crianças com telefone, evitem que tenham acesso à internet. Vamos proibir que vejam esses vídeos. A cada dia doe mais, a cada dia eu sinto mais falta dela. Que Deus me perdoe, mas não vou aceitar isso nunca”, lamentou a mulher.

    Adrielly era a caçula de quatro irmãos e estava prestes a cursar o segundo ensino fundamental. A menina era a única filha mulher de Márcia Antônia.

     O corpo da garota foi sepultado no último domingo (5), no cemitério Bairro dos Casas, também em São Bernardo do Campo.

    Adrielly era a caçula de quatro irmãos e estava prestes a cursar o segundo ensino fundamental.
    Adrielly era a caçula de quatro irmãos e estava prestes a cursar o segundo ensino fundamental. | Foto: Divulgação/Facebook

    “Desafio do desodorante”

    O desafio consiste em aspirar sprays ou desodorantes por diversas vezes e verificar “quanto tempo você aguenta”. Há relatos de ferimentos e óbitos por asfixia de crianças envolvendo a mesma brincadeira em diferentes localidades do país. Os gases podem provocar asfixia e parada cardíaca.

    A “brincadeira” que se tornou um fenômeno entre adolescentes de todo o mundo e está tomando conta das redes sociais. No YouTube e em outras redes sociais, já é possível encontrar dezenas de vídeos nos quais jovens aparecem participando do desafio e mostrando seus ferimentos.

    No Brasil, um dos primeiros casos de morte, provocada pelo desafio, registrados ocorreu em 2014, em Fortaleza (CE).

    Edição: Lívia Nadjanara

    Leia mais: 

    Pesca ilegal é alvo de operação realizada pelo Ipaam e PM

    Amazonino Mendes anuncia investimento de R$ 125,5 milhões para a saúde

    Atenção: 240 mil famílias vão ganhar kit de TV Digital em Manaus

    Comentários