Fonte: OpenWeather

    Celebridades


    Até onde os fãs amazonenses vão por amor aos ídolos?

    De acordo com a psicóloga Jessica Pedrosa, a admiração pelos famosos deve ter limites

    De seguir o carro da artista até cogitar ir no enterro de um cantor sertanejo para encontrar seu ídolo, os relatos da fã viralizaram nas redes sociais | Foto: Arquivo Pessoal

    Manaus — Quando a produtora Carla Tosta apareceu no programa de televisão "Altas Horas", ninguém imaginava a repercussão que teriam as suas histórias curiosas de carinho pela cantora Sandy. De seguir o carro da artista até cogitar ir no enterro de um cantor sertanejo, os relatos da fã viralizaram nas redes sociais na última semana e abriram espaço para muitos compartilharem suas histórias com seus ídolos. E os fãs amazonenses não ficam para trás.

    O carinho da analista de sistemas Soraya Silva, de 36 anos, pela dupla sertaneja Jorge & Mateus começou em 2010, quando conheceu a canção "Fogueira". Dois anos depois, com a ajuda de uma amiga que conheceu em um dos shows, ela criou o fã-clube "Logo Eu", dedicado aos admiradores amazonenses da dupla. "O carisma, a simplicidade e a humildade deles foi o que me fez admirar eles", conta ela. "Perdi as contas de quantas viagens já fiz para vê-los fora de Manaus". 

    Leia também: Humoristas fazem sátira aos concursos de beleza em Manaus

    Ser presidente do fã-clube amazonense abre algumas portas para Soraya, que já tirou muitas fotos com os ídolos e até troca mensagens com eles nas redes sociais
    Ser presidente do fã-clube amazonense abre algumas portas para Soraya, que já tirou muitas fotos com os ídolos e até troca mensagens com eles nas redes sociais | Foto: Reprodução

    Já o publicitário Omã Freire, de 28 anos, não possui a mesma sorte. Desde que conheceu a cantora americana Britney Spears, o mais próximo que chegou da popstar foi em 2011, quando ela veio ao Brasil pela segunda vez.

    "Eu fui com um grupo de amigos pro show em São Paulo", conta ele. "Diferente do Rio de Janeiro, o hotel de São Paulo não tinha sacada, mas mesmo assim ela apareceu na janela pra acenar para os fãs". Dentre suas atividades profissionais, Omã chegou a fazer uma série de ilustrações da artistas  — e é claro que não podia faltar Britney Spears nessa lista. "Já desencanei de encontrar com ela ao vivo. Se fosse uns 5 anos atrás, eu ainda estaria disposto a ir atrás dela em Las Vegas. Mas ainda a admiro da mesma forma", comenta o fã.

    Omã chegou a fazer uma série de ilustrações de artistas - e é claro que não podia faltar Britney Spears
    Omã chegou a fazer uma série de ilustrações de artistas - e é claro que não podia faltar Britney Spears | Foto: Arquivo Pessoal

    Admiração ou obsessão?

    Até que ponto vai o carinho do fã por um ídolo? De acordo com a psicóloga Jessica Pedrosa, a admiração pelos famosos também possui limites. "A partir do momento em que a admiração começa a atrapalhar as funções sociais e apresentar risco — para si e para o outro  ela passa a ser considerada patológica", afirma ela.

    Leia mais:

    Liceu oferece 396 vagas para música, dança e artes em Manaus

    Jungle Kid” alcança 2 milhões de visualizações

    Duda Nagle planeja mais filhos com Sabrina Sato: 'Abrimos a porteira'

    Comentários