Fonte: OpenWeather

    Carnaval no Rio


    Itens do Boi Garantido já estão no Rio para desfile da Mocidade

    A Cunhã-Poranga do Boi Garantido, Isabelle Nogueira, e o tripa encarnado, Denildo Piçanã, desembarcaram na manhã deste domingo no Rio de Janeiro.

    Cunhã-poranga Isabelle Nogueira e tripa encarnado Denildo Piçanã
    Cunhã-poranga Isabelle Nogueira e tripa encarnado Denildo Piçanã | Foto: Divulgação

    Manaus - A Cunhã-Poranga do Boi Garantido, Isabelle Nogueira, e o tripa encarnado, Denildo Piçanã, desembarcaram na manhã deste domingo (11), no Rio de Janeiro. Juntos de itens individuais do boi Contrário, eles vão participar do desfile da Mocidade Independente de Padre Miguel, no grupo especial das escolas-de-samba do carnaval carioca. 

    A mocidade apresentará na avenida o enredo “Namastê... A estrela que habita em mim saúda a que existe em você”, que fala das relações culturais entre o Brasil e a Índia. No meio desse universo do tema, a introdução do boi Zebu é uma das heranças daquele país na cultura brasileira. Do animal contribui para a formação do rebanho da nossa pecuária, às expressões como o Bumba-Meu-Boi do Maranhão e Boi-Bumbá da região Norte serão mostrados.

    Parintins, com seu incomparável festival folclórico, foi lembrada pelo carnavalesco Alexandre Louzada, o mais consagrado do carnaval carioca, detentor de seis títulos, inclusive o do ano passado pela própria Mocidade Independente. 

    Leia mais:  Museu do Seringal: uma viagem no tempo pelas trilhas da Amazônia

    A sinopse do enredo explica bem a participação dos nossos itens encarnados no desfile. O trecho fala: “no Amazonas, a festa tradicional do boi-bumbá sofreu influências indígenas e andinas, ganhando características muito específicas. Em Parintins, o Boi Garantido (o coração vermelho) e o Boi Caprichoso (a estrela azul) se apresentam ao som das toadas e mitos da Floresta Amazônica. Interessante perceber como esse animal estrangeiro hoje faz parte de uma tradição folclórica disseminada pelo país, com nomes, formas de apresentação e temas tão diversificados.”

    Segundo a assessoria de comunicação da Mocidade, Isabelle e Piçanã virão em destaque, em cima de um carro alegórico que falará do festival de Parintins. Claro que o boi de pano estará presente. Piçanã levou o boi Garantido para abrilhantar a festa verde e branca. Agora, é só esperar. Para quem vai assistir pela televisão, a Mocidade fecha o desfile da primeira noite, o que deve acontecer já nas primeiras horas da manhã de segunda-feira. Isabelle e Piçanã viajaram à convite da agremiação carioca.

    Leia mais: 

    Tranquilidade marca o desfile das escolas de samba do grupo especial em Manaus

    Confira unidades de saúde que funcionam no Carnaval de Manaus

    Museu do Seringal: uma viagem no tempo pelas trilhas da Amazônia

    Comentários