Fonte: OpenWeather

    Educação


    Centro Educacional Século oferecerá certificação internacional

    O programa do Colégio Século, de Manaus, em parceria com a University of Missouri, possibilita aos alunos a formação com dois certificados, o Americano e o Brasileiro.

     Centro Educacional Século firmou convênio neste ano, com a University of Missouri, que possibilita aos alunos a formação com dois certificados, o Americano e o Brasileiro
    Centro Educacional Século firmou convênio neste ano, com a University of Missouri, que possibilita aos alunos a formação com dois certificados, o Americano e o Brasileiro | Foto: Divulgação


    Manaus - Com o mundo cada vez mais globalizado em que as exigências de competências são multidisciplinares, pessoas que dispõem de senso crítico, autonomia, autoconhecimento e comprometimento possuem valor diferenciado na vida acadêmica e no mercado profissional. Em tempos em que a interatividade e a conectividade juntas permitiram a aproximação cultural entre países e por causa dessa convergência tecnológica, hoje, muitos brasileiros almejam ingressar em uma universidade estrangeira com o propósito de obter conhecimento amplo sobre questões globais e garantir maior sucesso na vida, uma vez que as possibilidades são maiores, optar por uma formação escolar com dupla certificação, simplifica consideravelmente algumas, etapas burocráticas, como a validação de diplomas e aceitação para graduação no exterior.

    No Brasil a preferência pela dupla certificação nas escolas cresceu bastante por meio de Programas que oferecem o estudo do Currículo Americano paralelo ao Currículo Brasileiro sem sair do país.

    Para proporcionar maiores vantagens e uma formação completa para crianças e jovens de Manaus, o Centro Educacional Século firmou convênio neste ano, com a University of Missouri, que possibilita aos alunos a formação com dois certificados, o Americano e o Brasileiro. Como o maior programa oficial de High School Americano no Brasil, a universidade americana atua em 53 cidades brasileiras desde 1999.

    Leia também: Alunos do AM participam de olimpíada de Matemática na Tailândia 

    De acordo com o representante da University of Missouri, Eduardo Vasconcelos, o Programa de internacionalização na escola abre portas e a certificação vale em qualquer lugar do mundo. “As aulas irão encaixar-se muito bem com a base educacional de ensino por projetos já aplicada no Século discutindo o desarmamento, infância, água e meio ambiente que são problemas locais em culminância com a agenda global da ONU”, esclareceu.

    As aulas ocorrerão em 2019 com o Middle School, ensino equivalente ao Fundamental II (6.º ao 8.º ano) e High School, Ensino Fundamental II (a partir do 9.º ano) ou da 1ª série do Ensino Médio. O Programa possui um currículo integrado de Ciências e Humanas em Inglês, em que os alunos utilizam a abordagem STEAM (Science, Technology, Engineering, Arts and Math), com o objetivo de desenvolver habilidades e competências do século 21, como a colaboração, o pensamento crítico, a comunicação e a resolução de problemas através de atividades práticas e teóricas, individualmente ou em grupo. Em um ambiente de legítima imersão na língua inglesa, o aluno irá estudar disciplinas do High School americano com garantia de admissão automática à University of Missouri.  

    Nívia Carvalho, Diretora de Ensino, Tecnologia e Inovação do Século, afirma que a dupla certificação vem somar com tudo que a escola tem apresentado. Para a diretora da unidade de ensino, o aluno Século terá um diferencial no currículo ao adquirir conhecimento e habilidades de propor soluções, novas maneiras de se trabalhar e autonomia no seu processo de desenvolvimento.

     Para fortalecer ainda mais essa nova fase, o Século desenvolveu o projeto Live The Language At Século (LLS), que visa estimular o aprendizado da língua inglesa com crianças a partir da primeira infância, com idades entre 2 e 5 anos. O LLS possui docentes exclusivos do projeto em diversos momentos da rotina escolar, sendo na sala de aula regular ou em atividades que acontecem nos espaços fora da sala.

     O objetivo da iniciativa é fazer com que a criança ouça e se familiarize gradativamente com o inglês de forma lúdica e natural, respeitando o tempo de cada uma. Quando a criança se envolve com outro idioma, ela desenvolve habilidades cognitivas como a fala, a memória, a criatividade e o raciocínio, absorvendo palavras, sons e imagens da mesma forma que se aprende a língua nativa. Esse primeiro contato gera curiosidade e estimula o interesse em aprender.

    Destaque #1Ainda em 2018, o Século executará o cronograma de seleção para aqueles que desejam ingressar no Middle School ou High School.

    Leia mais: Professora em Manaus cria estratégias para ensino de história

    Ruas do centro de Manaus guardam histórias do tempo

    Confira o roteiro dos principais museus da cidade de Manaus

    CIDADANIA

    Comentários