Fonte: OpenWeather

    Simpósio


    TCE-AM realiza 2º Simpósio Nacional de Ouvidorias

    O evento terá a participação de grandes nomes do cenário jurídico do país

    | Foto: Divulgação

    Manaus - O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) irá realizar, nos dias 8 e 9 de novembro, a 2ª edição do Simpósio Nacional de Ouvidorias. Com o tema “Os 30 anos da Constituição Cidadã e a Evolução dos Mecanismos de Controle”, o evento terá a participação de grandes nomes do cenário jurídico do país, entre eles o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Mário Campbell, e o ministro do Tribunal de Contas da União, Benjamin Zymler, entre outros.

    Coordenado pela Ouvidoria Geral do TCE-AM, o simpósio irá tratar, por meio de palestras, exposição de cases de sucessos, painéis e debates em mesas redondas sobre o papel das ouvidorias nos órgãos públicos do país, em especial nos órgãos de controle. Durante a cerimônia de abertura do evento, o relator da Constituição, senador Bernardo Cabral, será homenageado no simpósio.

    Certificado e horas complementares

    São esperados para o simpósio mais de 300 participantes, entre eles gestores da capital e interior, servidores públicos, estagiários e integrantes da sociedade civil organizada de todo o país. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas por meio do link https://moodle.tce.am.gov.br/moodle e o certificado emitido pelo portal da Escola de Contas Públicas do TCE.

    Durante a abertura, o idealizador do simpósio e ouvidor-geral do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro irá realizar a diplomação dos novos agentes formados pelo Programa de Formação de Agente de Controle Social (Profac).

    Palestrantes de renome

     Entre os palestrantes do evento estão a representante do site Transparência Brasil, Juliana Sakai; o mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Universidade de Lisboa, Daniel Lança; a superintendente da Corregedoria Geral da União no Amazonas, Mona Liza Prado Benevides; o secretário de controladoria e ouvidoria do Estado do Ceará, Antônio Marconi Lemos; procurador-geral do Ministério Público Federal (MPF) Edmilson da Costa Barreiros Júnior; o representante dos Governos Abertos, Thiago Ávila; o advogado e Mestre em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), João Paulo Jacob; o doutor em Direito e professor titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Alexandre Santos Aragão; além do ouvidor-geral da União, Gilberto Waller Júnior.

    Mais informações pelos telefones 3301-8107 ou 3301-8222.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Governo e Prefeitura entram na 'guerra dos buracos'

    TCE suspende licitação do Governo do Amazonas após denúncia do EM TEMPO

    Comentários