Fonte: OpenWeather

    Credibilidade


    Governo estuda reduzir taxa de juros do crédito para o plano safra

    A expectativa é que o desembolso do crédito rural na safra ainda em vigor (2017/2018) fique entre R$ 145 bilhões e R$ 150 bilhões de reais

    A equipe econômica do Governo analisa a redução em um ponto percentual da taxa de juros do crédito agrícola para o próximo plano safra | Foto: Arquivo/Agência Brasil

    O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Wilson Vaz de Araújo, disse nesta terça-feira (8) que a equipe econômica do governo analisa a redução em um ponto percentual da taxa de juros do crédito agrícola para o próximo plano safra (Plano Agrícola e Pecuário 2018/2019) que terá início no dia 1º de julho deste ano.

    Leia também: Gargalo da Logística é entrave para desenvolvimento do turismo no AM

    “Estamos tentando chegar a um denominador comum, que seja bom para o produtor rural e que não comprometa o orçamento fiscal”, disse Araújo. Segundo ele, para chegar a um valor do plano rural, “o governo pondera a execução do ano anterior, a disponibilidade das fontes e a disponibilidade orçamentário para fazer a subvenção à taxa de juros”.

    Nesta tarde desta terça-feira, o ministro Blairo Maggi se reuniu com o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, e representantes do Ministério da Fazenda e do Tesouro Nacional.

    De acordo com o secretário, a expectativa é que o desembolso do crédito rural na safra ainda em vigor (2017/2018) fique entre R$ 145 bilhões e R$ 150 bilhões, do montante total disponibilizado, que foi de R$ 188,3 bilhões.

    Leia mais: Lucro da Petrobras cresce 56,5% no 1º trimestre e gera R$ 6,9 bilhões

    Governo estuda redução de preços de combustíveis e energia, diz Temer

    Produção de cupuaçu em Figueiredo pode chegar a 180 toneladas este ano

    Comentários