Fonte: OpenWeather

    Duas rodas


    Produção de bicicletas do PIM registra aumento de 24,5% em abril

    Abraciclo diz que alta no quadrimestre representa que setor cresce de forma sustável

    Produção de bicicletas teve aumento tanto na contagem do último mês quanto no comparativo ao mesmo período de 2017. | Foto: Marcio Melo

    Manaus - O polo de bicicletas do Polo Industrial de Manaus (PIM) fechou abril com 61.370 unidades produzidas, o que representa alta de 24,5% sobre abril de 2017 (49.275). Na comparação com março (60.682 unidades) a alta foi de 1,1%. Os dados são da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

    O bom desempenho também foi observado no acumulado dos quatro primeiros meses do ano: de janeiro a abril saíram das linhas de produção 220.069 bicicletas, expansão de 12,6% sobre as 195.372 unidades produzidas no mesmo período de 2017.

    Para o vice-presidente do segmento de bicicletas da Abraciclo, João Ludgero, o avanço no primeiro quadrimestre mostra que o setor deve seguir este movimento de crescimento sustentável. “Esta alta deve-se à recuperação da economia e ao aumento da demanda por produtos de maior valor agregado, que são considerados ideais para a melhoria da mobilidade urbana e o alcance de resultados mais significativos nas práticas esportivas”, diz Ludgero.

    Leia também: Atividade econômica tem queda de 0,13% no primeiro trimestre

    Ainda segundo dados da Abraciclo, os volumes de bicicletas produzidas no PIM foram distribuídos nos primeiros quatro meses do ano, para comercialização, nas seguintes regiões do País: Sudeste, com 59,2% das unidades; Sul (16,3%); Nordeste (13,4%); Centro-Oeste (6,1%); e Norte, com 4,9%.

    A projeção da entidade é fechar o ano com 727 mil bicicletas produzidas no PIM, o que representará um crescimento de 9% sobre as 667.363 unidades registradas em 2017.

    Os dados divulgados pela entidade mostram também que em abril foram produzidas 35.199 bicicletas da categoria Urbana, correspondendo a uma alta de 3,7% sobre março (33.930 unidades). Mountain Bike, MTB, contou com 25.466, recuo de 2,1% na comparação com o mês anterior (26.015 unidades). Por último, a categoria Estrada, totalizou 705 unidades, significando uma queda de 4,3% sobre março (737 unidades).

    Resultados por Categoria

    Os dados divulgados pela entidade mostram também que em abril foram produzidas 35.199 bicicletas da categoria Urbana, correspondendo a uma alta de 3,7% sobre março (33.930 unidades). Mountain Bike, MTB, contou com 25.466, recuo de 2,1% na comparação com o mês anterior (26.015 unidades). Por último, a categoria Estrada, totalizou 705 unidades, significando uma queda de 4,3% sobre março (737 unidades).

    Em participação, a Urbana aparece no topo do ranking, com 57,4%, seguida de MTB, com 41,5%, e Estrada, com 1,1%. Vale destacar que o segmento MTB vem crescendo principalmente porque é um tipo de bicicleta muito utilizada para o uso urbano, apesar da sua aplicação clássica como veículo off-road.

    Leia mais: Produção de motocicletas em Manaus tem alta de 37,3% em abril

    Produção de motos cresce 12,2% no primeiro trimestre, no Amazonas

    Produção de bicicletas fecha bimestre em alta no Amazonas

    Comentários