Fonte: OpenWeather

    Eleições 2018


    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital

    O domingo de eleições serviu também como oportunidade de ganhar dinheiro

    Economia nas Eleições 2018 | Foto: Marcely Gomes

    Manaus – Em tempos de eleição presidencial, a expansão do cenário financeiro é uma das pautas mais discutidas tendo em vista o desenvolvimento econômico da sociedade. Entre os brasileiros, assombrados pelo índice do desemprego, o domingo (7) de eleições serviu não só para depositar esperanças em novos representantes mas foi também a oportunidade de aproveitar a movimentação para empreender e ganhar dinheiro. 

    Calor a favor 

    Economia nas Eleições 2018
    Economia nas Eleições 2018 | Foto: Marcely Gomes

    Enquanto muita gente continua reclamando das altas temperaturas registradas no verão amazonense, o jovem casal Iasmim Câmara, de 16 anos, e Matheus Avelino, de 20 anos, decidiram usar o calor para o êxito financeiro. Os empreendedores que vendem “din din gourmet” há quase 3 anos aproveitaram a movimentação durante as eleições para fazer uma grana extra. Eles contam que atingiram quase 100% das vendas esperadas. 

    Economia nas Eleições 2018
    Economia nas Eleições 2018 | Foto: Marcely Gomes


    “Nós nos preparamos durante dois dias para dar conta de trabalhar durante toda a eleição. Tudo começou como uma brincadeira há pouco mais de dois anos e meio e que graças a Deus vem dando muito certo. Estamos vendendo desde as 8h e agora chegando perto das 17h o estoque está praticamente vazio. Foi sem dúvidas um dia muito lucrativo e que esperamos repetir nas próximas eleições”, explicou Iasmim, que trabalha com o noivo Matheus em frente a um colégio na Zona Oeste. 

    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital
    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital | Foto: Marcely Gomes

    O negócio intitulado “Loucos por Din Din” oferece sabores de ninho trufado, mousse de maracujá, abacaxi, morango, frutas vermelhas, caipirinha entre outras dezenas de sabores. Com o investimento consolidando-se cada vez mais nas redes sociais, a ‘Loucos por DinDin’ também começa a invadir outras zonas da cidade por meio do delivery. 

    Tradição nas eleições

    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital
    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital | Foto: Marcely Gomes

    Ainda pegando uma carona nas ondas de calor que tomaram conta do domingo de eleição (7), o casal Anildo Vieira, 49, e Martha Lisboa, 46, aproveitam pelo 5º ano seguido a movimentação nas urnas eletrônicas para garantir um capital que só chega de 4 em 4 anos. 

    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital
    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital | Foto: Marcely Gomes


    Oferecendo produtos como água, refrigerante, suco e din dins, os comerciantes conversaram com o Em Tempo sobre a visão empreendedora e destacam que as vendas no local já viraram tradição a cada nova eleição.

    “A gente começou trazendo sorvete e din dins nos primeiros anos mas percebemos que as longas filas unidas ao calor de um domingo de verão são os ingredientes perfeitos para a venda de bebidas que matam a sede. A gente tem um comércio em casa mas no dia a dia vendemos cerca de 50% de tudo que já vendemos aqui desde as oito da manhã”, informou Martha. 

    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital
    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital | Foto: Marcely Gomes

    Ainda de acordo com o casal, a logística de transportar a estrutura do comércio para a frente do colégio, onde trabalharam durante todo o dia, na Zona Oeste, valeu a pena com o fechamento positivo de lucros.

    Bombom no débito 

    Nicolau Guimarães, 60, trabalha há pelo menos 10 anos em frente a um colégio na Zona Sul de Manaus. No local, o senhor é conhecido pelas crianças, professores e pais que estão acostumados a vê-lo na venda de seus bombons, bebidas e sorvetes. Comerciante experiente, ele sabe que o domingo de eleições é sempre sinônimo de ganhar dinheiro. 

    Com Nicolau, a falta de dinheiro em espécie do cliente não é problema. O comerciante conta com uma máquina de débito e aceita qualquer valor. 

    “É sempre uma experiência muito interessante abrir a banca nos domingos de eleições, não é a primeira vez que faço isso e quase sempre o movimento financeiro é muito satisfatório. Hoje as coisas até começaram a acabar um pouco mais cedo, mas a gente continua aqui até o final das eleições. Nunca se sabe quando vão precisar de um bombonzinho não é mesmo? Dá até pra passar na máquina”, disse o bem humorado Nicolau Guimarães. 

    Pouca idade e muita maturidade

    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital
    Durante eleições, manauenses lucram com vendas nas ruas da capital | Foto: Marcely Gomes


    A adolescente Carla Batista, 16, trabalha com a mãe em uma banca de lanches mas nesse domingo assumiu sozinha a direção do empreendimento. Trabalhando em frente a um colégio eleitoral na Zona Sul da cidade, ela esteve desde as 6h até o final da tarde na venda de comidas e bebidas.

    Carla conta que o resultado financeiro do esforço foi positivo. 

    “Ainda estamos no meio do dia e eu já não tenho mais bebidas. Graças a Deus vendemos muito bem durante toda a manhã, de bebidas a comidas tivemos o aproveitamento de tudo. É a primeira vez que fazemos isso e a experiência nos ensinou que só não ganha dinheiro quem não quer”, concluiu a jovem.

    Leia mais: 

    Eleitores enfrentam grandes filas em 3 escolas na Zona Oeste de Manaus

    Vídeo exclusivo: assista o grave acidente que matou 2 homens em Manaus

    Vídeo: Eleitores de Bolsonaro gritam "Sou fascista" em Lisboa

    Comentários