Fonte: OpenWeather

    Emprego


    Comércio e indústria oferecem mais de 3,5 mil vagas temporárias no Amazonas

    Os dois setores devem contratar funcionários para atender demanda de fim de ano e Copa do Mundo

    O comércio ainda tem 800 vagas temporárias para o fim de ano | Foto: Arquivo EmTempo

    Se você está desempregado e procura uma oportunidade de emprego, deve ficar atento às vagas temporárias que ainda estão abertas para este de fim de ano e outras que irão abrir no início do ano que vem, no Amazonas. Ao todo o número de vagas disponíveis podem ultrapassar 3,5 mil contratações, no comércio local e nas fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM). 

    Para o comércio, de acordo com estimativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), os lojistas do varejo do Centro, dos bairros e dos shoppings ainda devem selecionar 800 funcionários. As vagas estão direcionadas principalmente para aqueles setores que trabalham com atendimento personalizado como confecção, calçados e eletrodomésticos.

    Leia tambémConfira lista de 10 Rhs que ofertam vagas de emprego em Manaus

    Nesses ramos, as funções que mais se destacam são de operador de caixa, vendedor, repositor e serviços gerais.

     O presidente da CDL-Manaus, Ralph Assayag, informou que existem duas possibilidades de buscar uma oportunidade. Os canais para tentar uma vaga são por meio das placas de anúncio que ficam postadas na frente das lojas, e o cadastro no Sine Manaus (Sistema Nacional de Emprego em Manaus), que fica localizado na avenida Joaquim Nabuco, no Centro.

    As cerca de 800 vagas, ainda restantes, vêm complementar a expectativa total da CDL-Manaus, para as contratações temporárias para este fim de ano de 2017, que é de 2 mil empregos. O número é quatro vezes maior do que ano passado, quando foram contratados apenas 500 temporários. Pelo menos 20% desse total de 2 mil contratações podem serem efetivadas para o quadro fixo das empresas para continuar trabalhando em 2018.

    Leia também: Seduc abre inscrições para as escolas de tempo integral

    Indústria

    Para a indústria, depois do dia 15 de janeiro algumas fábricas do PIM também devem começar a contratar entre 2 mil e 3 mil funcionários, entre efetivos e por tempo determinado. Quem mais deve contratar serão as empresas que fabricam televisores e de componentes, que produzem as peças para as montadoras de televisores, como Semp Toshiba, LG e Samsung.

    “A Copa do Mundo é em junho e as fábricas precisam produzir mais. Tanto que, a maioria das empresas reduziram as férias deste fim de ano de 20  para 15 dias”, explicou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindmetal-AM), Waldemir Santana.   

    A seleção dos funcionários para a indústria acontece por meio de um acordo com doze empresas temporárias, que avaliam e contratam os candidatos. Entre as terceirizadas estão: Desafio, MegaTemp, RH Amazonas, Positivo RH, entre outras.

    Nova plataforma

    A CDL-Manaus também está em processo de criação do seu próprio canal de vagas de emprego e contratações. A plataforma que funciona exclusivamente na internet, já estava operando, mas foi paralisada para fazer uma repaginada. A inauguração foi adiada para o início do ano que vem, aproximadamente no mês de fevereiro.

    Alguns aperfeiçoamentos precisam ainda serem feitos, na ferramenta que vai funcionar como uma espécie de Sine da CDL-Manaus. Qualquer candidato à vaga poderá se cadastrar e fazer todo acompanhamento pela internet. Os lojistas também farão cadastro para fazer o acompanhamento das ofertas de mão de obra.

    “Aqueles candidatos que fizerem curso com a gente na CDL-Manaus já terão uma estrelinha e uma pontuação a mais que os outros concorrentes. Isso daí estava funcionando, mas não da maneira que nós queríamos, mandado arrumar para colocar no nosso portal”, completou. 

    Leia mais: 

    Fábricas de tv no Amazonas preparadas para a Copa do Mundo
    Corpo do traficante billy é encontrado sem cabeça no Viver Melhor

    Tem medo de falar em público? Jornalista lança livro em Manaus

    Comentários