Fonte: OpenWeather

    Semana Santa


    Tradição religiosa aquece venda de peixes durante a Semana Santa no AM

    Serão disponibilizadas 70 toneladas de peixes para serem vendidas até o dia 30 em quatro pontos

    Outra comodidade para os consumidores será a presença dos tratadores | Foto: Arquivo EM TEMPO

    Manaus - Tambaqui, matrinxã e pirarucu de manejo são algumas das espécies que estarão sendo comercializadas a partir desta terça-feira (27) até o dia 30 em Manaus. As vendas serão nas quatro Feiras de Pescado da Agencia de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) espalhadas pela cidade. A instituição é responsável pela comercialização de produtos dentro do Sistema Sepror (Secretaria de Estado de Produção Rural do Amazonas).

    A parceria da ADS com produtores de peixes, resulta em pescado novo e barato para os consumidores. Na semana da Páscoa, serão disponibilizadas 70 toneladas de peixes das espécies pirarucu, tambaqui e matrinxã. Além dos peixes as feiras terão os processados em forma de postas e filés e ainda os quelônios, regularizados, como determina a legislação.

    Leia também: Shopping popular receberá sede da SMTU e agência bancária em Manaus

    Especificamente no dia 27, primeiro dia de feiras, as vendas vão iniciar um pouco mais tarde, a partir das 16h. Já a partir do segundo dia, nas datas 28, 29 e 30 as feiras funcionarão das 7h às 21h, em quatro pontos distintos para dar oportunidade de compra em toda a cidade.

    Os pontos são o Centro de Convivência Padre Pedro Vignólia na Cidade Nova; Feirão da Sepror localizado na avenida Torquato Tapajós (antiga Expoagro); avenida do Samba, atrás do Sambódromo, no bairro Alvorada, e no Centro Social Urbano do Parque 10 (CSU).

    Oportunidade de negociação

    Outra comodidade para os consumidores será a presença dos tratadores, para quem quiser levar o peixe limpo e até sem espinhas, por um preço equivalente ao praticado nos mercados de Manaus.

    O contato entre os produtores e donos de restaurante ou cozinhas industriais, para novas parcerias de fornecimento durante todo o ano, também fortalece a piscicultura e o mercado de serviços. A expectativa é que o volume de negócios seja maior do que o de 2017, que foi pouco acima de R$ 600 mil.

    Preços

    Outra comodidade para os consumidores será a presença dos tratadores.
    Outra comodidade para os consumidores será a presença dos tratadores. | Foto: Divulgação


    Edição: Luís Henrique Oliveira


    Leia mais:

    Suspeito tenta esfaquear PM e é baleado após assalto em Manaus

    Manaus deve receber 300 novas unidades habitacionais este ano

    Prefeitura notifica Manaus Ambiental para recompor asfalto em Manaus



    Comentários