Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Bolívia confirma primeira morte de um jogador de futebol por Covid-19

    Deibert Guzmán, de 25 anos, defendia o Clube Universitário de Beni

    O meio-campista defendia o Clube Universitário de Beni, da segunda divisão do campeonato nacional
    O meio-campista defendia o Clube Universitário de Beni, da segunda divisão do campeonato nacional | Foto: Reprodução/ FBF

    A Federação Boliviana de Futebol (FBF) confirmou oficialmente a primeira morte de um jogador profissional no mundo, vítima do novo coronavírus (covid-19). Deibert Román Guzmán, de 25 anos, mais conhecido como Frans, faleceu no último dia 24, mas somente ontem (30) a FBF oficializou o falecimento do atleta, por meio de um comunicado.

    O meio-campista defendia o Clube Universitário de Beni, da segunda divisão do campeonato nacional. Até ontem, a Bolívia registrava 9.592 casos confirmados e 310 mortes por covid-19.

    No último domingo (24), a FBF já havia lamentado a morte do atleta com uma mensagem publicada no Twitter. "A Federação Boliviana de Futebol expressa suas sinceras condolências à família e aos amigos de Deibert Román Guzmán, pedindo a Deus renúncia e força nesses tempos difíceis".

    Apesar do primeiro caso fatal, a entidade manteve agendada para a próxima sexta-feira (5) uma reunião com dirigentes de clubes para discutir a retomada da primeira divisão campeonato nacional, suspenso desde o dia 16 de março devido à pandemia.

    A competição nacional foi interrompida na 12ª rodada, com o The Strongest na liderança (21 pontos). Segundo Urquizu, está previsto para o próximo dia 10 de junho, um anúncio do Ministério dos Esportes da Bolívia comunicando as datas de retorno das práticas esportivas no país. 

    Comentários