Fonte: OpenWeather

    Pandemia


    Associações de tênis cancelam competições que aconteceriam na China

    Decisão foi tomada depois que o governo chinês proibiu eventos esportivos internacionais

    Decisões são da ATP e WTA
    Decisões são da ATP e WTA | Foto: Reuters

    Mundo - A Associação de Tenistas Profissionais (ATP) e a Associação de Tênis Feminino (WTA) divulgaram uma nota nesta sexta-feira (24) em que anunciam o cancelamento dos campeonatos programados para o ano de 2020 na China por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

    Segundo a nota divulgada pela ATP, a decisão foi tomada depois que o governo da China decidir, ainda no início do mês de julho, que “nenhum evento esportivo internacional aconteça na China pelo restante do ano”.

    Com isso, eventos da ATP, como o Shanghai Masters (único Masters 1000 da Ásia), o China Open (do ATP 500) e o Chengdu Open (do ATP 250), não ocorrerão em 2020.

    A medida das associações também são válidas para as competições da WTA, como o China Open, o Jiangxi Open e o Guangzhou Open.

    No comunicado, o presidente da ATP - Andrea Gaudenzi - lamentou o cancelamento das competições, mas ressaltou que respeita a decisão dos chineses.

    “É com pesar que anunciamos que os torneios ATP não serão disputados na China este ano (...) “Nossa abordagem ao longo desta pandemia sempre foi seguir a orientação local ao realizar eventos. Respeitamos a decisão do governo chinês de fazer o melhor para o país em resposta à situação global sem precedentes”, conclui o dirigente.

    Leia Mais

    Vice-presidente do COI defende simplificação dos Jogos de Tóquio

    Seleção brasileira participa de desafio virtual de nado artístico

    Aos 54 anos, Mike Tyson retorna aos ringues para luta de exibição

    Comentários