Fonte: OpenWeather

    Futebol


    Sport demite Daniel Paulista e Goiás contrata o técnico Thiago Larghi

    Em cinco rodadas do Brasileirão, o treinador do Leão somou 3 derrotas

    Antes de assumir como técnico do Sport, Paulista atuou como jogador do time pernambucano. Em 2008 ele ajudou o Leão a conquistar a Copa do Brasil
    Antes de assumir como técnico do Sport, Paulista atuou como jogador do time pernambucano. Em 2008 ele ajudou o Leão a conquistar a Copa do Brasil | Foto: Sport Clube do Recife

    O Sport-PE demitiu o treinador Daniel Paulista nesta segunda-feira (24). Por meio da conta oficial no Twitter, o clube comunicou a decisão e agradeceu ao profissional, que estava no cargo desde fevereiro. No Campeonato Brasileiro, Daniel comandou o Leão em três derrotas, um empate e apenas em uma vitória. Na última rodada da competição, perdeu dentro da Ilha do Retiro para São Paulo por 1 a 0.  Antes de assumir como técnico do Sport, Paulista atuou como jogador do time pernambucano. Em 2008 ele ajudou o Leão a conquistar a Copa do Brasil. 

    Os dirigentes do Rubro-Negro ainda não anunciaram o substituto do treinador. A contratação de um novo técnico não deve demorar, já que o Sport amarga a zona do rebaixamento na 18ª colocação. Jair Ventura, Zé Ricardo Alexandre Gallo e Lisca são alguns dos nomes cogitados pela torcida do Leão,  bastante irritada com a diretoria e com alguns jogadores do elenco.

    O Sport volta a campo, no próximo domingo (30), contra o Coritiba, que dispensou Eduardo Barroca e contratou Jorginho. Outro que também perdeu o emprego neste Brasileirão foi Ney Franco que deixou o Goiás para dar lugar a Thiago Larghi, de 39 anos, apresentado nesta segunda como técnico do Esmeraldino. Em coletiva à imprensa, Larghi falou que admira o estilo de comando do treinador espanhol Pep Guardiola - atualmente no Manchester City -  e disse que pretende implantar um futebol globalizado e ofensivo.

    “A gente vê cada vez mais um futebol em que os zagueiros fazem a construção, os laterais constroem, os volantes entram na área para finalizar e fazer gol. Os meias e atacantes com espírito ofensivo, isso que eu acredito. Logicamente, sem perder a defesa forte”.    

    Comentários