Fonte: OpenWeather

    Campeonato Brasileiro


    Flamengo e Fluminense se enfrentam para 'definir rumos' no Brasileirão

    Flamengo e Fluminense se enfrentam no Maracanã em busca de uma vitória que pode definir a trajetória no Brasileirão

    Flamengo e Fluminense se enfrentam em "jogo de seis pontos" no Maracanã
    Flamengo e Fluminense se enfrentam em "jogo de seis pontos" no Maracanã | Foto: Mailson Santana/ Flluminense

    Rio de Janeiro - Apenas três pontos separam Flamengo e Fluminense na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro de 2020. Nesta quarta-feira (9), às 20h30 (horário de Manaus), os dois times se enfrentam no Maracanã, ainda que em momentos distintos, com o objetivo em comum de "engrenar" no Brasileirão.

    Sob o comando do espanhol Domènec Torrent, o Rubro-Negro acumula seis partidas de invencibilidade, após começo conturbado. A nova dinâmica de rodízios no time titular adotada pelo treinador, ainda que contestada, rendeu ao Flamengo quatro vitórias, dois empates e duas derrotas, com 11 gols marcados e dez sofridos.

    O Tricolor vem de duas partidas sem vitória, após empate com o Atlético Goianiense e derrota para o São Paulo. O técnico Odair Hellmann ainda enfrenta o desafio de escalar o novo ataque do Fluminense, já que o atacante Evanílson, vice-artilheiro do clube em 2020, acertou a transferência imediata para o FC Porto, de Portugal.

    Rodízios contestados. Resultados, nem tanto

    Desde que assumiu a responsabilidade de preencher a vaga deixada por Jorge Jesus no comando técnico do Flamengo, "Dome" tem sofrido com as escalações. Já não bastasse o calendário esportivo apertado da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a pandemia intensificou a maratona de jogos. 

    Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta, assim como outros destaques da campanha histórica de 2019, ainda trabalham para chegar ao nível técnico da temporada passada. Se por um lado falta entrosamento e "identidade" de um time titular, por outro, é a oportunidade para jogadores como Pedro, Thiago Maia, Pedro Rocha e Michael mostrarem serviço, como têm feito.

    "Gabi[gol] é um jogador muito importante, mas para nós é importante o elenco. Se todos ajudarmos o time, vamos todos melhorar.  Se nós jogarmos por nós mesmos, não vamos melhorar. Nem o time e tampouco pessoalmente", disse o treinador, em coletiva no último sábado (5).

    Na 5ª colocação na tabela, há apenas três pontos do líder, o Flamengo enfrenta o Fluminense com mais rodízios e incógnitas. É certo que Bruno Henrique, Pedro Rocha e João Lucas não jogam, por lesão. Os goleiros Diego Alves e César também são dúvidas para o confronto.

    A escalação, portanto, provavelmente deve contar com Gabriel Batista; Mauricio Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão (Thiago Maia) e Gerson; Arrascaeta, Everton Ribeiro, Gabigol e Pedro (Vitinho).

    Divisor de águas

    O começo inconstante, assim como a baixa recente do atacante Evanílson, colocam o Fla-Flu desta quarta-feira como um divisor de águas para o Tricolor. O time comandado por Odair Hellmann possui três vitórias, três derrotas e dois empates e, após o revés por 3 a 1 contra o São Paulo, saiu do G-4 e agora ocupa a 8ª colocação.

    "Esse ano está sendo um pouco diferente. Estamos tentando nos acostumar. É mais um clássico, jogo muito importante. Sabemos da dificuldade e dos dois jogos sem vitória, mas tem que pensar sempre para frente", afirma Wellington Silva.

    Agora sem o artilheiro do clube em 2020, com nove gols em 24 jogos, Marcos Paulo tem sido a escolha para o ataque. Pela mobilidade, pode formar um trio veloz com Michel Araújo e Wellington Silva. 

    Felippe Cardoso, que estava praticamente de saída do clube, vem "pintando" entre os relacionados desde a última partida e pode ser uma surpresa. O atacante Luiz Henrique, de 19 anos, renovou o contrato com o clube até 2025 e pode ganhar uma oportunidade no clássico.

    O atacante Fred - afastado preventivamente após diagnóstico positivo para Covid-19 da esposa -, Pablo Dyego e Muriel, lesionados, são os desfalques do time. Por outro lado, o volante Hudson, que cumpriu suspensão contra o São Paulo, está de volta.

    A provável escalação do Fluminense para enfrentar o Flamengo, às 20h30 (de Manaus) no estádio Maracanã, deve contar com Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Hudson, Dodi e Nenê;  Michel Araújo, Marcos Paulo (Felippe Cardoso) e Wellington Silva.

    Leia mais: 

    Herói da vitória do Flamengo sobre o Fortaleza

    Times brasileiros ganharam 4 milhões de seguidores em agosto

    Comentários