Fonte: OpenWeather

    El Diez


    Médico de Maradona é acusado de falsificar assinatura do jogador

    Conclusão veio depois das investigações da perícia caligráfica

     

    Maradona após ter realizado a cirurgia
    Maradona após ter realizado a cirurgia | Foto: Reprodução Instagram

    A perícia caligráfica argentina concluiu, com divulgação nesta sexta-feira, que a assinatura do craque argentino Diego Armando Maradona foi falsificada por seu médico particular Leopoldo Luque, em uma carta que solicitava seu prontuário hospitalar que continha o histórico de saúde do atleta.

    O documento correspondente estava endereçado à Clínica Olivos, último lugar onde Maradona esteve internado. A mensagem dizia;

    "Da minha mais alta consideração, eu, Diego Armando Maradona, escrevo para solicitar que meu médico particular, Dr. Leopoldo Luque, receba uma cópia de meu prontuário. Muito obrigado", e a assinatura fechava a carta. 

    O principal suspeito da fraude é Luque, já que o documento foi encontrado em sua casa alguns dias após a morte de 'El Diez', durante a o início das investigações, em 25 de novembro de 2020.

    Diego Maradona faleceu depois de uma parada cardiorrespiratória, quando ele se recuperava de uma cirurgia que teve como objetivo aliviar uma pressão intracraniana.

    A conclusão da investigação foi dada em cima do estudo da escrita de Maradona, somado a folhas avulsas com diversas tentativas da reprodução da assinatura, que estavam guardadas junto. O fato do pedido solicitar que o documento fosse entregue somente para o médico também depõe contra ele.

    *Com informações da Gazeta Esportiva

    Leia mais:

    Duda Amorim é eleita melhor jogadora de Handebol da década

    Torcedores do São Paulo manifestam e pedem demissão de Diniz 

    Alexandre Pato no Clube do Remo? Postagem do jogador agita torcedores 

    Comentários