Fonte: OpenWeather

    Fuga


    Fugitivos de presídio em Manaus seriam aliados de 'Mano G'

    De acordo com informações extraoficiais, fugitivos seriam aliados do narcotraficante Gelson Carnaúba, o “Mano G” e teriam fugido para ajudá-lo na disputa contra a FDN

    Ao todo, 35 internos fugiram da unidade | Foto: Janailton Falcão

    Manaus - Trinta e cinco detentos do Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM2), no quilômetro 8 da BR-174, fugiram por um túnel construído no Pavilhão 5 da unidade. A fuga aconteceu na manhã deste sábado (12).

    Os fugitivos são considerados de alta periculosidade. De acordo com uma fonte que não quis se identificar, eles seriam aliados do narcotraficante Gelson Carnaúba, o “Mano G” e teriam fugido para ajudá-lo na disputa contra a FDN

    O secretário de Administração Penitenciária (Seap), Cleitman Coelho, informou que todos os fugitivos são considerados de alta periculosidade. 

    Leia também: Urgente: Seap confirma fuga em presídio do Amazonas

    A fuga foi descoberta quando agentes realizavam uma ronda na unidade por volta das 8h30. Segundo informações de uma fonte policial, criminosos estavam do lado de fora do presídio dando suporte aos fugitivos. Assim que a polícia percebeu a ação, disparou contra os suspeitos, que revidaram. Houve troca de tiros, mas não há informação se alguém ficou ferido.

    O túnel foi encontrado no pavilhão 5 da unidade
    O túnel foi encontrado no pavilhão 5 da unidade | Foto: Divulgação

    Policiais do Comandos e Operações Especiais (Coe), da Ronda Ostensiva Cândido Mariana (Rocam), do Grupamento de Radiopatrulhamento Aéreo da Polícia Militar do Amazonas (Graer), Força Tática e do Canil foram acionados para o local, mas até o momento nenhum interno foi capturado.

    Informações extraoficiais 

    De acordo com informações extraoficiais, os fugitivos seriam aliados do narcotraficante Gelson Carnaúba, o “Mano G”, que está no presídio federal de Catanduvas, no Paraná.

    Gelson, que foi um dos fundadores da facção criminosa Família do Norte (FDN), deixou a organização após uma briga com os outros lideres, João Pinto Carioca, o "João Branco" e José Roberto Fernandes, o "Zé Roberto da Compensa" e se juntou ao Comando Vermelho (CV).

    Com a briga entre os chefões da FDN, houve um racha entre as duas facções, que até em então, eram aliadas. Agora, segundo a polícia, as duas organizações disputam o domínio do tráfico de drogas no Amazonas.

    Ainda conforme informações extraoficiais, os presos fugiram para ajudar Gelson Carnaúba a fortalecer o Comando Vermelho em Manaus. 

    Nota oficial

    Em nota, a Sepa informou que a perícia esteve no local e será aberto um procedimento administrativo pela secretaria, para apurar as circunstâncias da fuga e verificar se há responsabilidade de algum servidor na ocorrência.

    "A Seap reforça ainda que adotará medidas de segurança na unidade, e nas demais unidades prisionais da capital e interior, para evitar que novas fugas sejam registradas no sistema penitenciário", finaliza a nota.

    Leia mais: 

    Na Véspera de Ano Novo presos tentam fugir do CDPM 2

    Sete continuam foragidos após fuga em massa de presídio em Coari

    José Melo tem prisão temporária prorrogada e continua no CDPM2

    Comentários