Fonte: OpenWeather

    Violência Sexual


    Aposentado é preso suspeito de estuprar e fotografar crianças no AM

    A polícia encontrou várias fotos das partes íntimas das meninas, em um cartão de memória, na casa do suspeito

    Vagno foi indiciado por estupro de vulnerável | Foto: IONE MORENO

    Manaus  - O aposentado Vagno Rodrigues da Silva, de 48 anos, foi apresentado, na tarde desta terça-feira (15), na sede da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), suspeito de ter estuprado e fotografado duas crianças, uma de 11 e a outra de 9 anos.

    Segundo a Polícia, Vagno foi preso, na noite da última sexta-feira (12), por volta das 22h, na rua Santa Luiza, no bairro Compensa 2, na Zona Oeste de Manaus. 

    De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, as investigações iniciaram em dezembro de 2017, após denúncias anônimas feitas ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) e ao Disque Direitos Humanos (Disque 100), informando que crianças estavam sendo vistas entrando e saindo diariamente da casa de Vagno.

    Leia também: Trio assalta ônibus, fere dois passageiros e rouba celulares em Manaus

    "As crianças são de uma família socialmente vulnerável. Elas passavam o dia na casa de Vagno, as vezes, dormiam na residência . Iniciamos às diligências, até identificar as crianças e os responsáveis por elas. Na delegacia, as vítimas relataram aos profissionais do setor psicossocial os atos libidinosos sofridos”, disse a delegada.

    Joyce contou, ainda, que o aposentado sabia que estava sendo investigado, pois já havia sido ouvido pela polícia antes. "Ele já tinha sido ouvido antes em relação as denúncias. Sabendo disso, começou a mudar de endereço tentando escapar das investigações. Isso foi um dos motivos que ocasionaram na decretação da prisão dele", falou.

    O suspeito nega o crime
    O suspeito nega o crime | Foto: IONE MORENO

    Crime

    Além dos abusos sexuais, segundo a delegada, Vagno ainda fazia fotos das partes íntimas das vítimas. Na casa do suspeito, a polícia encontrou um cartão de memória com várias fotos das meninas em posições eróticas.

    Conforme Joyce Coelho, o suspeito oferecia alimentos e dinheiro em troca dos abusos sexuais. A mãe das crianças informou à polícia que conhecia Vagno há oito meses, mas alegou não ter conhecimento dos abusos sexuais.

    A mulher declarou que conheceu suspeito na igreja, que ambos frequentavam, onde ela foi convidada pelo homem para trabalhar como diarista na casa dele.

    “A mãe levava as meninas para o serviço e, enquanto trabalhava, deixava as crianças brincarem no local. Ele chegou, inclusive, a fotografar as partes íntimas das vítimas. O aposentado é investigado, ainda, por comercializar drogas e ter envolvimento em furtos. Ele mudava de casa constantemente, pois temia ser localizado pela polícia”, declarou Jouyce Coelho.

    Versão do Preso

    Durante coletiva de imprensa, na tarde desta terça (15), a reportagem do EM TEMPO conversou com o aposentado Vagno Rodrigues, que negou a autoria dos crimes.

    Delegada Joyce Coelho, titular da Depca
    Delegada Joyce Coelho, titular da Depca | Foto: Ione Moreno

    "Não tenho nada para falar. Isso não é verdade. Não houve nenhum estupro", disse o aposentado afirmando ser inocente. Entretanto, ao ser questionado sobre as fotos, o suspeito não soube explicar como elas foram encontradas em sua casa. "As fotos eu tinha em casa, mas não foi eu que fotografei", diz o aposentado.

    O suspeito também nega que dava alimentos para as crianças em troca dos abusos. "Elas moravam na minha casa. Nunca dei nada para elas. A mãe delas trabalhava comigo um bom tempo, mas nunca estuprei essas meninas. Nunca aconteceu isso", falou.

    Prisão temporária 

    O mandado de prisão temporária por estupro de vulnerável, com prazo de 30 dias, em nome de Vagno, foi expedido no dia 28 de março deste ano, pela juíza Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro, da Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

    Vagno foi indiciado por estupro de vulnerável. O suspeito irá permanecer na carceragem da especializada até o término dos procedimentos cabíveis em torno do caso.

    Aposentado é preso suspeito de estuprar e fotografar crianças no AM | Autor: TV EM TEMPO


    Leia mais:  

    Sargento da PM é baleado durante tentativa de assalto em Manaus

    Morre no HPS João Lúcio estudante baleado na cabeça durante assalto

    Preso homem que assassinou ex-patrão a facadas na Cidade de Deus

    Comentários