Fonte: OpenWeather

    Doença venérea


    Unidades de saúde em Manaus oferecem testagem rápida para sífilis

    Prefeitura intensifica a oferta de testagem rápida para sífilis em 155 Unidades de Saúde em Manaus

    Entre janeiro e setembro de 2019, a Semsa registrou em Manaus 2.366 casos notificados de sífilis adquirida, 1.168 de sífilis em gestantes e 574 casos de sífilis congênita.
    Entre janeiro e setembro de 2019, a Semsa registrou em Manaus 2.366 casos notificados de sífilis adquirida, 1.168 de sífilis em gestantes e 574 casos de sífilis congênita. | Foto: Divulgação

    Manaus - Como parte da Campanha Nacional de Combate à Sífilis, a Prefeitura de Manaus está intensificando a oferta do teste rápido para o diagnóstico da doença em 155 unidades de saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), além da Unidade Móvel de Testagem. 

    Transmitida por meio da relação sexual sem uso do preservativo e da mãe para a criança durante a gestação, a sífilis, quando não tratada, pode evoluir para formas mais graves e afetar o sistema nervoso e cardiovascular. No caso de sífilis em gestantes ou da sífilis congênita (doença transmitida para a criança durante a gestação), a doença pode provocar aborto, má formação ósseas e dentárias, surdez e problemas neurológicos para a criança. 

    De acordo com a chefe do Núcleo de Controle das IST/Aids e Hepatites Virais da Semsa, enfermeira Rita de Cássia Castro de Jesus, a intensificação na oferta do teste rápido será executada pelas unidades de saúde até o dia 6 de novembro, também com o reforço das ações de Educação em Saúde, distribuição de preservativos e de material informativo. 

    “Desde 2016, o Ministério da Saúde considera que o Brasil vive uma epidemia no que se refere ao registro de casos de sífilis, apesar de o tratamento ser simples e de baixo custo. O maior desafio é fazer com que as pessoas procurem realizar o exame e, com o diagnóstico, concluam o tratamento para que haja a cura e, assim, quebrar a cadeia de transmissão da doença”, destaca Rita de Cássia. 

    Entre janeiro e setembro de 2019, a Semsa registrou em Manaus 2.366 casos notificados de sífilis adquirida, 1.168 de sífilis em gestantes e 574 casos de sífilis congênita. 

    O público-alvo prioritário das atividades programadas é formado por homens jovens, com idade entre 14 e 24 anos. “As ações de combate à sífilis são direcionadas para toda a população, mas o registro de casos da doença tem tido aumento entre homens jovens e por isso a campanha vai focar o trabalho entre esse público, em especial para o diagnóstico precoce”, informa a enfermeira, lembrando que sintomas graves da sífilis podem surgir de dois a 40 anos após o início da infecção. 

    Teste rápido

     Em Manaus, o teste rápido está disponível em 155 unidades de saúde da rede municipal, sendo de fácil execução e com a leitura do resultado em, no máximo, 30 minutos, com pré e pós-aconselhamento, sem a necessidade de estrutura laboratorial. 

    A recomendação é que todas as pessoas sexualmente ativas realizem o teste para sífilis. No caso de gestantes, o teste rápido é recomendado na 1ª consulta do pré-natal (idealmente no 1º trimestre), no 3º trimestre da gestação, no momento do parto (independentemente de exames anteriores) e em caso de aborto. 

    “Quando a doença é detectada no pré-natal, é iniciado o tratamento da gestante para a redução de riscos à saúde da criança. Também é feita a busca pelas parcerias sexuais para realização do diagnóstico e tratamento, o que vai evitar que a gestante seja infectada novamente durante a gestação”, informa Rita de Cássia. 

    A lista das 155 unidades de saúde com testagem rápida pode ser acessada no site a Semsa (http://semsa.manaus.am.gov.br). 

    Dados

     De acordo com os dados obtidos por meio do Sistema de Notificação de Agravos (Sinan), os números de casos de sífilis, seja congênita, adquirida ou em gestante, tem aumentado nos últimos anos.

    No ano de 2018, foram notificados em Manaus 3.013 casos de sífilis adquirida, 1.422 casos de sífilis em gestantes e 817 casos de sífilis congênita.


    Comentários