Fonte: OpenWeather

    Dia do Dermatologista


    No Dia do Dermatologista, médica dá dicas para manter pele saudável

    O dermatologista estuda mais de quatro mil doenças de pele, unhas e cabelos, além dos procedimentos cirúrgicos exigidos para a especialidade

    Produtos específicos devem ser analisados por pacientes. | Foto: Divulgação

    Manaus- Manter um "rostinho de veludo", tratar uma doença de pele ou remover tatuagem são alguns dos casos procurados e tratados pelo profissional de dermatologia. E para comemorar o dia desse profissional tão importante, é comemorado nesta segunda-feira (5) o dia daquele que dedica mais de oito anos de estudos em prol da saúde da pele de outras pessoas, o médico dermatologista.

    O dermatologista estuda mais de quatro mil doenças de pele, unhas e cabelos, além dos procedimentos cirúrgicos exigidos para tratar enfermidades, e então, consegue obter o Título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

    Leia também: Moradores do Jorge Teixeira ouvem disparos e encontram homem baleado

    Para a médica dermatologista Camila Caitano, que há 14 anos está na profissão, a dermatologia vai muito além de procedimentos estéticos. " Visamos a saúde em primeiro lugar. O que mais me marcou nestes anos de profissão foi a possibilidade de salvar vidas, como os diagnósticos precoces de um dos cânceres mais agressivos, o melanoma, quando as células produtoras dos pigmentos que dão cor à pele tornam-se cancerígenas", relatou.

    Entre as dermatologistas das celebridades de Manaus e que possui aparelhos de tecnologia de ponta, está Dra. Montaha Jasserand. Graduada em Medicina pela Universidade Americana de Medicina, estudou durante sua infância em escola Francesa e finalizou o curso de Medicina no Rio de Janeiro.

    Durante 17 anos Montaha realizou atendimentos na área da dermatologia na cidade de São Paulo e sua filosofia é proporcionar um cuidado com resultados mais naturais possíveis. Atualmente é membro da Sociedade Brasileira da Academia Americana de Dermatologia, membro fundadora da Cirurgia Capilar Robótica na América Latina - Artas, e sua clínica é considerada uma das mais modernas e conceituadas do Estado.

    "O maior desafio da minha profissão é sempre estar antenada, trazendo coisas de ponta para os pacientes. Médico não pode para de estudar em nenhum momento. Mas, a maior recompensa do meu trabalho é elevar a autoestima dos meus pacientes. Sejam eles homens ou mulheres, para tratamentos estéticos ou não e isso é o retorno dos anos de estudo", apontou a médica.

    Dra. Montaha é uma das referências da dermatologia da região norte, possuindo aparelhos exclusivos de tratamentos estéticos.
    Dra. Montaha é uma das referências da dermatologia da região norte, possuindo aparelhos exclusivos de tratamentos estéticos. | Foto: Divulgação

    Dicas

    Segundo a Dra. Montaha, hoje é possível quase todo tipo de melhoria estética, salvo os casos raros ou sem cura. Implante capilar, remoção de tatuagem, tratamentos estéticos de corpo e rosto são os principais procedimentos procurados em sua clínica. Veja abaixo alguns exemplos:

    Para o tratamento de calvície, a especialista explica que há em Manaus um robô que faz implante capilar. O aparelho é o único na região norte e o quinto na América Latina. Além disso, inúmeras pessoas a procuram para a remoção de tatuagens. Segundo ela, de três a cinco sessões é possível remover completamente a marca indesejada, assim como possíveis queloides. 

    Em casos de acne, a médica alerta que nunca devemos espremer espinhas. "Pode causar infecção levando até a morte do indivíduo. Já em casos de cravo, que é uma etapa antes da espinha, o mais apropriado para o tratamento é o uso de sabonetes para controlar a oleosidade da pele. O uso equivocado de produtos também pode trazer efeitos contrários ao desejado e provocar as temidas acnes", disse.

    Para completar a redução de manchas e cicatrizes no rosto, a especialista diz que os procedimentos estéticos e a lasers podem melhorar o aspecto da pele, superando as expectativas do paciente. 

    "Sabemos ainda que a exposição ao sol aliada ao fumo acelera o processo de envelhecimento da pele e deixa a pele com aparência ressecada. O paciente não deve dormir com maquiagem, pois pode ser uma inimiga poderosa se não for retirada antes de dormir. Ela obstrui os poros da pele causando acnes e espinhas ou até mesmo alergias. Além disso, uma qualidade de sono proporciona o descanso da pele, evita olheiras e a aparência de cansaço", completa.


    Leia mais:

    Sine seleciona candidatos esta segunda-feira (5); confira as vagas

    Empresas de chocolate abrem vagas para período de Páscoa em Manaus

    Inscrições para cursos de especialização na UEA são prorrogadas

    CIDADANIA

    Comentários