Fonte: OpenWeather

    Notas da Contexto


    'Não vote em mim, vote no Estado', diz campanha de Amazonino Mendes

    Amazonino Mendes mais uma vez, aposta em uma ação de marketing na qual ele não é o ator principal.

    — O Amazonas é o nosso candidato, é o nosso partido. Quem tem que ganhar é o Amazonas. Eu voto no Amazonas –, diz parte do vídeo
    — O Amazonas é o nosso candidato, é o nosso partido. Quem tem que ganhar é o Amazonas. Eu voto no Amazonas –, diz parte do vídeo | Foto: Malika

    Vitorioso na eleição suplementar do ano passado explorando o amor como slogan, Amazonino Mendes (PDT), mais uma vez, aposta em uma ação de marketing na qual ele não é o ator principal.

    — O Amazonas é o nosso candidato, é o nosso partido. Quem tem que ganhar é o Amazonas. Eu voto no Amazonas –, diz parte do vídeo.

    BR-319 é o caminho

    O senador Eduardo Braga (MDB) começou sua peregrinação pelo interior, na campanha à reeleição.

    Em Manacapuru, Eduardo alertou que, apesar das realizações na Região Metropolitana de Manaus, é preciso avançar, e um dos caminhos para gerar oportunidade de emprego e renda é a BR-319, cujas intervenções passam pelo Senado.

    Saída pela ponte

    Braga disse que o desenvolvimento do Estado com a realização de grandes obras deve convergir para a interligação com rodovia.

    — O caminho mais curto é uma ponte que fará a interligação da estrada duplicada de Manacapuru com a BR-319, entre Bela Vista e Manaquiri -.

    Justiça eleitoral atenta

    Um leitor enviou mensagem à CONTEXTO parabenizando a equipe de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral no Amazonas (TRE-AM), que durante o domingo foi vista realizando visitas em diversas zonas da cidade.

    Bandeira do Cabeção

    É verdade que bandeira em sinal não ganha voto.

    Mas, se ganhasse, o ex-vice-governador Henrique Oliveira (Pros) já estaria eleito. Na Zona Centro-Sul de Manaus, o candidato a deputado federal é quem mais tem apoiadores empunhando bandeirolas com seu número.

    Agosto Lilás

    Projeto de Lei da vereadora de Manaus Professora Jaqueline (PHS) quer estabelecer na cidade o Agosto Lilás.

    A campanha tem como intuito realizar atividades e mobilizações direcionadas a mulheres e meninas sobre seus direitos.

    De quebra, o Agosto Lilás vai tentar sensibilizar os homens com relação à violência contra a mulher.

    Dá-lhe, Lula!

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou as intenções de voto, segundo pesquisa do instituto MDA, em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgada ontem (20).

    Mesmo condenado no âmbito da Operação Lava Jato e preso, o petista continua crescendo na preferência eleitoral e saltou de 32,4%, em maio, para 37,3%, neste momento.

    Na sequência

    Atrás de Lula, aparecem Jair Bolsonaro (PSL), com 18,3%, e Marina Silva (Rede), com 5,6%. O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, está em 4º lugar no levantamento, com 4,9% das intenções.

    Lanternas

    Ciro Gomes, do PDT, aparece atrás do tucano, com 4,1%. Depois deles, a pesquisa ainda registra Alvaro Dias (Podemos), com 2,7%, e Guilherme Boulos (PSOL), com 0,9%.

    Shopping mexe errado

    O gerenciamento do shopping Ponta Negra mexeu no estacionamento de forma equivocada.

    O principal do serviço Valet é dar uma certa comodidade ao consumidor – por isso custa mais caro – que, antes, chegava à porta do shopping, entregava a chave para o manobrista e ia às compras, ao cinema, ao restaurante. Na saída, pegava o carro de volta na maior tranquilidade.

    Pra que Valet?

    Até aí estava tudo bem.

    Então o shopping resolveu transferir o Valet para o estacionamento do andar inferior (G1), obrigando o proprietário do carro a pegar a escada rolante e ir buscar o carro lá embaixo.

    Ora, se é para descer, não precisa Valet. É só ir direto para lá, que tem vagas à vontade e pela metade do preço.

    Dois gargalos

    Falando em carro, dois pontos, duas mexidas recentes em Manaus criaram gargalos no trânsito que poderiam ser evitados: o estacionamento da OAB, na avenida Salvador, e um semáforo instalado em frente ao Tribunal de Contas do Estado (TCED), na Avenida Efigênio Salles.

    Paredão da OAB

    No primeiro, a lentidão com que os carros dos advogados se movimentam para entrar no estacionamento fecha a faixa do lado esquerdo da pista.

    E isso vem gerando um grande engarrafamento e a retenção no escoamento dos veículos.

    Sinal indigesto

    No segundo gargalo, o semáforo do TCE estrangulou uma das poucas avenidas onde o fluxo dos carros era rápido e ajudava a aliviar o intenso volume de carros vindos da Zona Leste no sentido Centro.

    Com isso, a Efigênio se transformou no inferno para quem tem pressa de chegar.

    Perguntar não ofende

    E se fosse um reles mortal que tivesse solicitado um semáforo naquele trecho tão importante para o trânsito fluir, teria sido instalado?


    Você gosta das Notas da Contexto? Então leia mais:

    O canto da sereia: Amazonino atrai aliados e os abandona pelo caminho

    Na política, Rebecca Garcia é uma metamorfose ambulante

    Arthur Neto diz que faz obras embaixo da terra e que não é candidato

    Comentários