Fonte: OpenWeather

    IOT


    Como a Internet das Coisas pode preparar seu filho para o futuro?

    Debora Noem Inouye faz uma reflexão sobre como a Internet das Coisas (IoT) pode ser aplicada em sala de aula e preparar as crianças para o futuro

    o mercado passou a investir em jogos, cursos e atividades recreativas aplicando a Internet das Coisas. | Foto: Divulgação

    O conceito de Internet das Coisas (IoT – Internet of Things, em inglês) é uma temática que vem sendo muito discutida em diversas esferas da sociedade e certamente transformará nossas vidas. Mas de fato, o que é a Internet das Coisas e qual seu impacto?

    loT e inteligência cognitiva são conceitos tecnológicos que aproximam a inteligência das necessidades dos indivíduos e buscam melhorar as experiências e facilitar todos os processos em diversas áreas, seja no trabalho, em casa, na saúde, na indústria, nos meios de transportes, no consumo, na agricultura e muito mais. Já pensou em ter os seus dispositivos conectados à internet? Então, é basicamente isso! Carros, sensores, geladeiras, cafeteiras, portas, acessórios, roupas, ou seja, objetos que vão muito além de smartphones e computadores.

    Já existem milhões de dispositivos incríveis conectados à IoT. Segundo estimativas da Gartner, consultoria norte-americana, há cerca de dois bilhões de pessoas on-line e existem cerca de dez bilhões de "coisas" on-line, número que aumentará para 20 bilhões até 2020. Espera-se que até 2025 a IoT será o grande motor da economia mundial. Empresas e associações já projetam investimentos da ordem de US$14,4 trilhões e especialistas acreditam que o valor do investimento na economia com a IoT pode chegar a US$ 7,4 trilhões.

    Leia também: Como cumprir as promessas de dieta depois das festas de fim de ano

    A IoT já está presente no Brasil e com cases de sucesso. Na cidade de Petrópolis o monitoramento dos pluviômetros para a detecção de calamidades utiliza IoT. Outro exemplo são as lixeiras do Paraná, que emitem avisos a uma central de gerenciamento quando estão cheias. Assim, os órgãos públicos conseguem evitar o acúmulo de lixo e, consequentemente, reduzir o risco de enchentes em regiões vulneráveis.

    Quando abordamos IoT aplicada no universo infantil, há um movimento interessante, pois, as crianças são naturalmente criativas. Há uma nova era de brinquedos, cada vez mais conectados à internet, que chegam ao mercado e, ao mesmo tempo em que encantam, também ensinam.

    O fato é que o conceito está mudando rapidamente a maneira como as crianças aprendem, jogam e se comunicam. Muitos educadores acreditam que essa interatividade pode transformar os alunos em pesquisadores mais criativos, autossuficientes e em aprendizes envolvidos.

    Acompanhando a necessidade de uma maior preparação para o futuro das crianças, o mercado passou a investir em jogos, cursos e atividades recreativas aplicando IoT. Um exemplo é a Sam Labs, startup britânica voltada para educação que desenvolveu a tecnologia Sam Labs Education.

    Por meio de blocos contidos em um box, os alunos criam protótipos e soluções customizadas, sendo introduzidos ao universo Maker. Os blocos comunicam-se entre si via bluetooth e há uma variedade de peças, como botões e motores deslizantes e servo. Sensores de luminosidade e de temperatura ganham vida e função quando ligados aos blocos de software e programados no SAM Space. O software possibilita programar funções como acionar motores, acender luzes, tocar sons e construir projetos como, por exemplo, espada para uso no Minecraft, carrinho curioso, pinball e guitarra elétrica.

    A Sam Labs Education está presente em mais de mil instituições no mundo e é integrada de forma interdisciplinar com as áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM). Dessa forma, as crianças desenvolvem habilidades como trabalho em equipe, análise e compreensão do funcionamento de mecanismos motorizados, pensamento crítico e criativo, raciocínio lógico, resolução de problemas e elaboração de projetos.

    A integração de todos os dispositivos conectados à internet é um caminho sem volta. A IoT de fato vai transformar o mundo e trazer inúmeros benefícios a partir de novas possibilidades e otimização de processos, por isso é essencial desenvolver as competências digitais necessárias para compreender esse novo universo.

    Seja bem-vindo a era da Internet das Coisa, você está preparado?

    Edição: Lívia Nadjanara

    Leia mais:

    Quer estudar? Faculdades oferecem 60 mil bolsas de estudo no Amazonas

    Quais os segredos para ser um concurseiro vencedor? Descubra aqui

    Defensoria Pública do AM convoca candidatos para provas de concurso

    Comentários