Fonte: OpenWeather

    Preso no AM


    ‘Caduzinho’ é preso por agressão coletiva e roubo em Nhamundá, no AM

    Ele é apontado como um dos integrantes de agressão coletiva e roubo de um homem de 47 anos que estava na frente de uma UBS em Nhamundá. O crime aconteceu no dia 12 de setembro

    Ele foi reconhecido e preso na própria casa nesta sexta-feira (18), seis dias depois do crime
    Ele foi reconhecido e preso na própria casa nesta sexta-feira (18), seis dias depois do crime | Foto: Reprodução

    Manaus - Carlos Eduardo Moraes de Moura, de 21 anos, conhecido como ‘Caduzinho’ foi preso na manhã desta sexta-feira (18) por ter participado da agressão coletiva e roubo de um homem de 47 anos no dia 12 de setembro, no município de Nhamundá, distante 331 quilômetros de Manaus. 

    Segundo informações de policiais civis da 43ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), sob coordenação do delegado Everty Sandro Pereira. Caduzinho foi preso pelo crime de roubo majorado. Ele estava em casa no momento da prisão. 

    O crime aconteceu no dia 12 de setembro. Um homem de 47 anos, estava em frente a uma Unidade Básica de Saúde (UBS), quando foi surpreendido por cinco indivíduos, incluindo Carlos. A gangue agrediu o homem com socos e chutes. Na ocasião, os agressores roubaram o celular da vítima.

    “Na delegacia , a vítima relatou que estava fazendo uma live para uma rede social, e foi a partir desse material que conseguimos identificar Carlos como um dos agressores”, comentou o titular.

    A prisão preventiva de Carlos foi expedida pelo juiz Marcelo Cruz de Oliveira, da Vara da Comarca de Nhamundá. De acordo Pereira, os trabalhos policiais para identificar os outros envolvidos, seguem em andamento.

    Leia mais:

    Integrantes de facção são presos antes de atacarem rivais no Centro

    Em Manaus, homem é morto a tiros e mãe ouve pedido de socorro

    Após seis meses de desocupação, segurança no Monte Horebe é reforçada

    Comentários