Fonte: OpenWeather

    Estupro


    Taxista desvia caminho, estupra adolescente a acaba preso no AM

    O crime aconteceu quando a adolescente saiu de Manacapuru para retornar para sua cidade natal, Novo Airão

     

    O caso foi apresentado na DIP de Manacapuru
    O caso foi apresentado na DIP de Manacapuru | Foto: Divulgação

    Manaus - Um taxista de 37 anos foi preso em flagrante, na quarta-feira (20), por volta das 16h, após estuprar uma adolescente de 16 anos. O crime ocorreu pela manhã, por volta das 10h, quando a menor estava em Manacapuru e queria retornar para sua cidade natal, Novo Airão. 

    Na ocasião, o homem, que é taxista, cobrou R$ 200 para levá-la até a localidade. Porém, ele desviou o caminho e obrigou a manter relações sexuais com ele. Ao chegar em Novo Airão, a menor foi até a delegacia, juntamente com a mãe, e depois de exames de corpo de delito, foi constatado o estupro. 

    De acordo com o delegado Rodrigo Torres, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, em depoimento, o homem afirmou que não forçou a menor a praticar o ato e que toda relação aconteceu de forma concedida, mas, por se tratar de uma menor de idade e sem haver testemunhas, ele foi preso pela equipe. 

    “Mesmo falando que não a forçou a nada, o seu depoimento teve contradições. E por se tratar de um crime sem testemunhas e com o exame de corpo de delito constatando a conjunção carnal, ele foi preso e está na carceragem da DIP à disposição do judiciário”, completou o delegado.

    *Com informações da assessoria

    Comentários