Fonte: OpenWeather

    Atentado


    Tiroteio em campo de futebol termina em morte e feridos na Betânia

    Um ex-presidiário foi morto e outros dois homens baleados no campo de futebol, localizado na Betânia, zona Sul de Manaus


    Manaus - Homens armados invadiram o "Campo do Noroeste", localizado no bairro Betânia, zona Sul de Manaus, na noite desta quinta-feira (3), e atiraram contra várias pessoas que jogavam futebol no local - que é dominado por integrantes da facção Família do Norte (FDN). Um ex-presidiário foi atingido pelos tiros e morreu na hora. Outros dois homens foram baleados e levados para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, na zona Leste.

    O crime ocorreu por volta das 18h30. O homem executado foi identificado como Marcelo Vasconcelos, de 28 anos, e, segundo a família, era ex-presidiário e estava livre há três meses. As outras duas vítimas do tiroteio foram identificadas pelas famílias como Luan Vasconcelos, de 27 anos, e Silvio Vasconcelos, de idade não informada. Eles são irmão e primo da vítima, respectivamente.

    Marcelo morreu ainda no local. O irmão e o primo foram levados ao HPS João Lúcio
    Marcelo morreu ainda no local. O irmão e o primo foram levados ao HPS João Lúcio | Foto: Raphael Tavares


    Leia também: Beco no Mutirão registra terceira morte violenta em menos de 15 dias

    De acordo com a polícia, os suspeitos chegaram em dois carros e entraram no campo já atirando. "As testemunhas explicaram para nossa equipe que, pelo menos, seis homens chegaram aqui no local já atirando para todos os lados. Eles já vieram pra executar o Marcelo", disse o soldado William da 7ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

    Segundo informações de um familiar das vítimas, a motivação do crime pode ter sido um desentendimento entre Marcelo e detentos do presídio, onde ele cumpria pena por tráfico de drogas.

    O crime ocorreu por volta das 18h30
    O crime ocorreu por volta das 18h30 | Foto: Raphael Tavares


    "Nós estamos achando que o pessoal lá de dentro do presídio, onde ele teve uma briga, mandou matar ele. O Marcelo só saiu para ser executado", explicou o familiar, que preferiu não ser identificado por temer represálias.

    O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Segundo a polícia, o local é dominado pelo tráfico de drogas. A reportagem do Em Tempo verificou que há várias inscrições nas paredes do campo de futebol que enaltecem a FDN, facção que domina a criminalidade na região Norte.

    A motivação do crime pode ter sido um desentendimento entre Marcelo e detentos do presídio, onde ele cumpria pena
    A motivação do crime pode ter sido um desentendimento entre Marcelo e detentos do presídio, onde ele cumpria pena | Foto: Raphael Tavares


    Outro Caso

    Em menos de 15 dias, o beco Francisco Galvão, no Mutirão, zona Norte de Manaus, registrou a terceira morte. Um homem foi executado no fim da tarde desta quinta-feira
    (3), durante uma emboscada. Cinco homens são suspeitos de cometer o crime.

    Marison Ferreira Mendonça, de 40 anos, estava no local quando os cinco suspeitos chegaram em um carro, de cor preta e placa não identificada, e saíram do veículo em direção ao beco. Eles se aproximaram da vítima, efetuaram vários disparos e depois fugiram.

    Edição: Bruna Souza

    Leia Mais

    Briga entre facções: Comando Vermelho ameaça FDN com funk no Amazonas

    Homem é alvejado com 8 tiros no Mutirão

    Homicida é preso por matar dois homens em Manaus



    Comentários