Fonte: OpenWeather

    Assassinato


    Vídeo: mulher é perseguida e morta dentro de loja no Centro de Manaus

    A vítima foi atingida com uma facada nas costas, mas não resistiu e morreu no hospital

    A mulher foi atingida com uma facada nas costas | Foto: Divulgação

    Manaus - Uma mulher de 22 anos morreu com um golpe de faca nas costas e um homem de 24 anos ficou ferido após um desentendimento. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (10), na travessa Tabelião Lessa no Centro de Manaus. 

    De acordo com informações levantadas com a 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), tudo começou com uma briga entre dois homens, conhecidos apenas como "Neguinho" e "Gordinho", que são frequentadores da área. Os dois se desentenderam e brigaram na Manaus Moderna.

    Leia também: Polícia Civil identifica 10 pessoas envolvidas no linchamento em Borba

    Após a briga, Gordinho foi para a Tabelião Lessa, onde acabou dormindo. Minutos depois, Neguinho se aproximou com uma faca e deu um golpe na barriga de Gordinho, e fugiu em seguida. 

    De acordo com informações de testemunhas, durante a briga entre os dois homens, a mulher ajudou Neguinho empurrando a vítima para cima do autor.

    Assim que Neguinho fugiu, Gordinho pegou a faca e partiu para cima da mulher, que entrou em uma loja, na tentativa de fugir do suspeito, mas acabou sendo atingida com uma facada nas costas.  

    A Polícia Militar informou que a mulher e Gordinho foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu) e levados para para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul da cidade. Entretanto, a mulher não resistiu aos ferimentos e morreu.

    Gordinho continua na unidade de saúde. Não há informações sobre o estado de saúde do homem. O outro homem envolvido no caso não foi localizado. A motivação do crime não foi informada pela polícia.

    Veja o vídeo:

    | Autor: Divulgação

    Falta de segurança 

    Uma comerciante, que não quis se identificar, reclamou da falta de segurança no entorno o Mercado Adolpho Lisboa.

    “Um mercado como esse não tem segurança nenhuma. Faz muito tempo que convivemos com essa violência, mas hoje passou dos limites, quase fomos esfaqueados também”, reclamou. 

    Conforme a empresária, a segurança existe apenas dentro do mercado. “Os clientes já têm medo de andar nessa área por conta do perigo. Como que constroem um mercado tão grande desse e não põem uma segurança completa, que atenda não só lado de dentro, como fora também”, questionou.

    Leia mais: 

    Homem é preso e adolescente apreendido suspeitos de matar idoso no AM

    Viatura da polícia é atingida por vários tiros em Manaus

    Homem morre ao ser alvejado na Compensa, em Manaus

    Comentários