Fonte: OpenWeather

    Confusão


    Mulher morre após ser empurrada em discussão na linha 014, em Manaus

    A autora do crime foi presa em flagrante por homicídio

    Silvane foi presa em flagrante por homicídio e levada ao 11° DIP
    Silvane foi presa em flagrante por homicídio e levada ao 11° DIP | Foto: Divulgação

    Manaus - Uma mulher identificada como Silvane Matos de Souza foi presa por envolvimento na morte de Deia Franciely, na tarde desta terça-feira (11). As duas mulheres estavam em um veículo do transporte público da linha 014, quando se desentenderam e Deia foi empurrada. 

    Policiais da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados pelos passageiros que presenciaram o fato e, ao chegarem no local, encontraram a vítima morta.  

    A autora do crime foi presa em flagrante por homicídio e levada ao 11° Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Coroado, Zona Leste.

    Segundo informações repassadas à polícia, as duas mulheres estavam discutindo, quando Silvane empurrou Deia - que não resistiu as lesões e morreu. Não há informações sobre o que teria motivado a briga entre as duas. 

    Deia era casada e deixou três filhos. Familiares e amigos da vítima estão abalados com a situação. Dayane Leal, amiga de Deia, contou ao Portal Em Tempo que a amiga era muito querida. Elas haviam se conhecido há dois anos numa casa de bronzeamento. "Ela era muito vaidosa, muito alegre e receptiva, nos gostamos logo de cara. Muito triste o que aconteceu", lamentou a mulher.

    Leia também: SSP-AM diz que fugitivos de delegacia são autores do ataque em Autazes

    Deia era casada e deixou três filhos
    Deia era casada e deixou três filhos | Foto: Reprodução Facebook

    Amigos usaram as redes sociais para publicarem homenagens à vítima. "Tão alegre é tão estranho olhar para a foto dela e ficar triste porque sabemos que não haverá mais aquelas besteiras que ela contava , palhaça que só ela era , não tinha como ficar triste perto dela.", diz a publicação de uma amiga de Deia no Facebook. 

    Em outra publicação, uma outra amiga diz: "Não estou acreditando que isso é verdade. Pude ter o prazer de lhe conhecer, um ser humano incrível. De um bom coração, agora é um anjo que está com o papai do céu. Descanse em paz amiga".

     Segundo informações repassadas à polícia, as duas mulheres estavam discutindo, quando Silvane empurrou Deia que não resistiu e morreu
    Segundo informações repassadas à polícia, as duas mulheres estavam discutindo, quando Silvane empurrou Deia que não resistiu e morreu | Foto: Reprodução Facebook

    "Quero lembrar de você assim nega, linda e tão cheia de sonhos... sempre autêntica e nada te colocava para baixo... Que o Senhor te receba de braços aberto, e que Ele dê o consolo e o alento a seu marido e filhos... Vai em paz amiga", lamentou outra amiga da vítima. 

    Uma mulher, que também diz ser amiga de Deia, mas prefere não ser identificado, disse à reportagem que a vítima era tão alegre e querida e que não possuía desafetos. "Deia era uma pessoa iluminada e tinha muitos amigos. Nunca soube de desafetos."

    Silviane foi autuada em flagrante por homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis no 11° DIP, a jovem será levada para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, Zona Sul da capital.

    Leia mais: 

    Motorista enfurecido persegue e atropela motociclista no Dom Pedro

    Homem morre ao atravessar rua e ser atropelado por viatura da PM

    Viatura da policia militar tomba em avenida no Grande Vitória

    CIDADANIA - ELEIÇÕES 2018

    Comentários