Fonte: OpenWeather

    Ofensiva


    Polícia desmonta observatório do Comando Vermelho, no bairro da União

    O local era conhecido por ser um dos principais redutos da organização criminosa na capital amazonense. Vídeo mostra a ação dos policiais

    Guilherme Torres, titular da Secretaria Executiva Adjunta de Operações | Foto: Marcely Gomes

    Manaus - Um dos observatórios da facção criminosa Comando Vermelho (CV) foi destruído na manhã desta terça-feira (2), em uma operação conjunta na invasão do Buritizal, no bairro da União, na Zona Centro-Sul da capital. O local é conhecido por ser um dos principais redutos da organização criminosa, que está em guerra com a facção Família do Norte (FDN).

    Durante a operação, comandada pela Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), e com a participação da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros, foram apreendidas uma pistola de calibre .40 e uma base de rádio. A pistola apreendida continha o brasão da Polícia Militar, e estava com a numeração raspada. No local, a Seaop ainda encontrou vestígios de drogas, como trouxinhas e outros materiais.

    Uma árvore que servia como observatório da facção dentro do Buritizal também foi derrubada. De acordo com o delegado Guilherme Torres, titular da Seaop, era por meio da árvore que os criminosos conseguiam saber quando a Polícia chegava ao bairro e à invasão.

    "Nós estamos em incursão no bairro desde quando foi encontrado o cadáver do Ronniere, na área do Buritizal. A operação vai continuar não só no bairro, mas em outros domínios do CV, como o Alfredo Nascimento, o Jorge Teixeira e o Nova Cidade", salientou.

    Operação Ocupação na invasão do Buritizal, no bairro da União | Autor: Reprodução

    Ocupação

    A incursão no bairro da União é um dos desdobramentos da Operação Ocupação, desencadeada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP). De acordo com o titular da pasta, coronel Anézio Paiva, o objetivo é justamente ocupar os territórios considerados como área vermelha, com maior concentração de homicídios e tráfico de drogas.

    "Estamos atuando com todas as forças integradas, como a Rocam, a Força Tática e apoio aéreo. No Mauazinho, por exemplo, estamos com apoio fluvial. O objetivo é recuperar as áreas que estão sob o comando do tráfico de drogas para o sistema de segurança pública", salientou Paiva.

    Leia mais:

    Suspeito de assassinar estudante é preso em Manaus

    Professor é preso após aliciar menina dentro de escola em Manaus

    Envolvidos em roubo a loja de shopping são presos em Manaus

    Comentários