Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Homem diz que matou rival a facadas porque estava sendo ameaçado

    O crime acontece no município de Eirunepé

     No dia do crime, a vítima foi assassinada com 12 facadas pelo corpo
    No dia do crime, a vítima foi assassinada com 12 facadas pelo corpo | Foto: Divulgação

    Eirunepé – Na manhã desta terça-feira (26), Idalvan Leão da Silva, de19 anos, foi preso em Eirunepé (distante 1.160 quilômetros em linha reta da capital) por suspeita de envolvimento na morte de Jhony Josino da Silva, de 21 anos.

    De acordo com a polícia, o jovem confessou o crime e revelou que ele e seus comparsas mataram Jhony porque estariam sendo ameaçados por ele.

    Segundo a Polícia Militar, o homem estava escondido em uma casa na rua Antônio Maciel, bairro de São José, no município de Eirunepé, interior do Amazonas. No dia do crime, a vítima foi assassinada com 12 facadas pelo corpo em uma área conhecida como  Igarapé Preto.

    Uma das armas brancas utilizadas na morte de Jhony foi encontrada e levada para a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé.

    Comentários