Fonte: OpenWeather

    Estupro de Vulnerável


    Cunhado que estuprava menina indígena de 12 anos é preso no Amazonas

    Os abusos sexuais aconteciam desde 2015, quando a menina tinha 7 anos. Em depoimento, a vítima contou que uma prima de 10 anos também era vitima do suspeito

    O homem era marido da irmã da vítima, ele aproveitava os momentos em que a vítima ficava sozinha para cometer os abusos
    O homem era marido da irmã da vítima, ele aproveitava os momentos em que a vítima ficava sozinha para cometer os abusos | Foto: Arquivo EM TEMPO

    São Gabriel da Cachoeira - Um homem, de 27 anos, foi preso, nesta quarta-feira (20), por abusar sexualmente da cunhada dele, uma adolescente indígena da etnia Dessana, de 12 anos. O crime acontecia há, pelo menos, cinco anos, na casa da família em São Gabriel da Cachoeira (distante 852 quilômetros em linha reta de Manaus). 

    Conforme a Polícia Civil do município, o homem era marido da irmã da vítima, ele aproveitava os momentos em que a vítima ficava sozinha para cometer os abusos. Na última segunda (18), a irmã da adolescente achou estranho o comportamento dela e quando a questionou sobre a situação, a menina começou a chorar. 

    Durante a conversa, a vítima relatou para irmã que não suportava mais ser estuprada pelo cunhado e que os abusos sexuais aconteciam desde 2015, quando a menina tinha 7 anos. 

    Na terça (19), a vítima e a irmã foram até a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de São Gabriel da Cachoeira e denunciaram o suspeito. 

    Em depoimento na delegacia, a adolescente ainda contou que uma prima de apenas 10 anos também sofria com os abusos do homem.

    Por volta das 17h desta quarta, a equipe do DIP do município, sob a coordenação da delegada Grace Jardim, cumpriu a mandado de prisão preventiva do suspeito e conseguiu capturá-lo. 

    O suspeito foi encaminhado para a unidade policial onde deve permanecer à disposição da Justiça. 

    Comentários