Fonte: OpenWeather

    Ação Policial


    PM intensifica patrulhamento na Compensa após denúncias de tiroteios

    Policiais realizaram revistas em veículos e abordagens a pedestres

    O patrulhamento está sendo reforçado na Compensa
    O patrulhamento está sendo reforçado na Compensa | Foto: Divulgação

    Manaus - Supostos tiroteios no bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus, assustaram moradores na tarde desta sexta-feira (31), que realizaram denúncias a Polícia Militar. Dentre as ruas citadas na denúncia, está a rua da Prosperidade e rua do Comércio. Policiais das 8ª, 19ª e 20ª Companhias Interativa Comunitária (CICOMs) estiveram percorrendo ruas do bairro e deflagraram uma ação policial para reforçar a segurança na área. 

    De acordo com o tenente Abraão da 20ª Cicom, foram realizados intensos patrulhamentos pelas ruas daquele bairro com abordagens a pedestres e paradas a veículos, com objetivos de localizar armas de fogo, drogas e dar segurança à população. 

    "Recebemos denúncias de supostos tiroteios e nos deslocamos até o local indicado, onde avistamos alguns meliantes que saíram correndo. Conseguimos deter dois deles, porém não tinham nenhuma materialidade ilícita. Também conversamos com moradores e eles relataram não terem conhecimento desse tiroteio, mas vamos reforçar as ações aqui na área", concluiu. 

    Palco de mortes 

    O bairro Compensa tem se tornado palco de mortes devido a um intenso conflito entre facções criminosas pelo controle dos pontos de vendas de drogas. Na última quarta-feira (29), em menos de duas horas,  naquele bairro foram registrados três ataques criminosos.

    Lucas Gabriel Moreira Rosaline, de 23 anos, foi executado com vários tiros por volta das 19h30. O homicídio ocorreu na rua Manaus. Mais cedo, por volta das 18h30, Antônio Felipe Carvalho de Freitas, de 23 anos, levou cinco tiros, na rua Prosperidade. Ele ainda chegou a ser socorrido, mas faleceu no Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) Joventina Dias. 

    Balas perdidas

    Logo em seguida, duas irmãs, ambas adolescentes, de 13 e 14 anos, foram baleadas enquanto trabalhavam para ajudar a família, durante um tiroteio no beco Joaquim Cardoso. 

    Conforme informações da família repassadas à polícia, as vítimas estavam trabalhando na banca de pastel da família, quando começou uma troca de tiros entre grupos rivais. As adolescentes ficaram no meio do fogo cruzado e acabaram feridas. 

    As adolescentes foram socorridas pelos familiares e levadas até o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Joventina Dias, onde receberam os primeiros socorros. As vítimas foram transferidas para outra unidade de saúde da capital. 

    Leia Mais

    Homem é executado a tiros após discussão no bairro Compensa, em Manaus

    Em Manaus, homens tentam correr de assaltantes e acabam baleados 

    Traficante mandou matar flanelinha que chamava a polícia na Compensa


    Comentários