Fonte: OpenWeather

    Tráfico internacional


    Peruano morreu dentro de avião e não em aeroporto de Manaus

    Passageiro, com 49 capsulas de drogas no estômago, morreu em um voo que saiu do Peru com destino a Europa

    O estrangeiro teve morte súbita por intoxicação de droga | Foto: Daniel Landazuri

    O peruano Wernher David Delgado, de 48 anos, que morreu na madrugada do último dia 1º, com 49 capsulas de cocaína no intestino, morreu, diferente do que foi divulgado nesta manhã, dentro de um voo da empresa Iberia, que pousou emergencialmente em Manaus para retirar o corpo do homem. 

    Segundo a polícia, o avião saiu do Peru e tinha como destino Madrid, na Europa. Segundo informações obtidas pelo EM TEMPO, a aeronave em que Wernher estava teve que fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, depois do estrangeiro passar mal e morrer durante o voo. 

    Leia também: Em Tempo cria lista de transmissão de notícias pelo WhatsApp

    Pela manhã havia sido divulgado pela polícia que o peruano tinha morrido no setor de embarque do aeroporto, enquanto esperava um voo com saída de Manaus. 

    Mula

    Após necropsia realizada pelo Instituto Médico Legal (IML), foram encontradas, no estômago do peruano, 49 capsulas de cocaína. A droga estava embalada em sacos de látex, semelhantes a preservativos masculinos. O exame feito no IML apontava morte súbita por intoxicação de droga. Segundo a polícia, Wernher provavelmente estaria traficando a droga para o país europeu. 

    O corpo ainda está no IML aguardando liberação por parte da família. O caso deve ser investigado pelo Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc). 

    Leia mais:

    Prédio de delegacia abandonado é abrigo para assaltantes no Aleixo

    Homem tenta jogar drogas para amigo detido e acaba preso com ele

    DRCO apreende aproximadamente 300 kg de drogas em Manaus

    Comentários